RICARDO CRAVO»» União Serpense é o seu novo clube - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

RICARDO CRAVO»» União Serpense é o seu novo clube

 


Mário Jardel poderá estar de regresso aos relvados…



“VAI SER O COORDENADOR DA ACADEMIA E PRONTIFICOU-SE A FAZER ALGUNS JOGOS POR NÓS”

 

 

Jorge Andrade foi convidado para embaixador do clube e Mário Jardel para coordenador da futura academia de futebol, podendo ainda, na condição de jogador, ajudar o clube a subir ao Campeonato de Portugal  




Ricardo Cravo, de 56 anos, é o novo treinador do União Serpense quinto classificado na 1.ª Divisão da Associação de Beja.


O experiente técnico que tem no seu currículo alguns títulos e subidas de divisão e passagem por competições de âmbito nacional, Reino Unido e China, abraçou agora este projecto no Clube de Futebol União Serpense, que será o 23.º clube da sua vasta carreira de treinador.    

                                           

Para nos falar desta nova aventura, à qual parece estarem também ligados Jorge Andrade e Mário Jardel que poderá vir a calçar as botas como jogador, aos 47 anos, entrámos em contacto.


 

Depois de uma passagem pelos Açores, o regresso ao continente para abraçar mais um projecto, neste caso em Serpa. Satisfeito com o ingresso no clube?

Muito feliz por estar em Serpa, no União Serpense. O clube tem condições excelentes, somos semiprofissionais, treinamos de manhã ou às 15h00 e temos uma estrutura top onde não falta nada. O clube só fez ainda dois jogos, se vencermos os que temos em atraso ficaremos em excelente posição para alcançarmos o nosso objectivo.

 

Que passa por…

Passa por subir ao Campeonato de Portugal. Este é o nosso objectivo mas vamos procurar fazê-lo jogo a jogo, trabalhando muito. Temos um presidente ambicioso, directores e técnicos competentes e jogadores com ambição de irem longe no futebol. Por isso, creio estarem reunidas todas as condições.

 

Quatro equipas já desistiram da competição. Isso mais torna-a mais enfraquecida?

De facto desistiram algumas equipas do campeonato por causa do covid. Mas não vou comentar isso porque se trata de uma decisão tomada pelos clubes.

 


Em termos pessoais é mais um clube para a tua longa carreira de treinador. Consegues descrever todos por onde passaste? 


Tudo começou no Trafaria, depois seguiu-se o futebol feminino do Sporting Clube de Portugal, Futebol Benfica, Charneca de Caparica, Almada, Ginásio de Corroios, Costa de Caparica, Cova da Piedade, União de Montemor, Atlético Clube de Portugal, Fabril, Operário de Lisboa, Belenenses, Cercalense, Athlone Town (Reino Unido, Kaicheng (China), Pinhalnovense, Sporting Guadalupe (Açores), Linda a Velha, Portosantense (Madeira), Fátima, FC Urzeliense (Açores) e agora União Serpense, mais um clube e mais uma história. Depois de vários títulos e subidas de divisão em Lisboa, Setúbal e Évora, seria fantástico fazer o mesmo em Beja.


 

Tem-se falado muito na ligação ao clube de Jorge Andrade e Mário Jardel. O que há de concreto sobre isso?

Por ideia minha, juntamente com o presidente, convidámos o Jorge Andrade para ser embaixador do clube. Em relação ao Mário Jardel, foi também convite meu, através do Sandro Geovetti, o presidente concordou e o convite foi feito para ser o coordenador da futura academia de formação para onde ele vai trazer alguns jovens do Brasil. Depois, em jeito de brincadeira perguntámos se ele não gostaria de voltar a jogar e ele prontificou-se a fazer alguns jogos por nós. Mas sobre isso ainda não há nada de concreto, apenas conversações.     

loading...

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here