BARREIRENSE»» Guarda-redes Kevin marcou golo de penalti - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

19 de fevereiro de 2020

BARREIRENSE»» Guarda-redes Kevin marcou golo de penalti

Não é inédito mas é uma situação invulgar…

“FOI UMA SENSAÇÃO BOA MAS AO MESMO TEMPO ESTRANHA”

O jogo disputado no passado domingo no Campo da Verderena entre o Barreirense e os Pescadores da Caparica, a contar para a 16.ª jornada do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão, ficou marcado por uma situação que não sendo inédita é pouco comum em jogos de carácter oficial.


Decorria sensivelmente o minuto vinte quando o árbitro apontou para a marca de grande penalidade em benefício do Barreirense e nessa altura surge o guarda-redes Kevin Bernardeco a colocar a bola na marca dos 11 metros, assumindo a cobrança do penalti. Frente a frente estavam os dois guarda-redes, o árbitro apitou, Kevin atirou para o lado direito de Gonçalo Carvalho, este adivinhou o lado mas não conseguiu evitar que a bola entrasse.

Como seria de esperar Kevin foi bastante acarinhado pelos seus companheiros de equipa que festejaram em conjunto o golo que abriu o activo mas que acabou por não ser suficiente para garantir a vitória porque os Pescadores na segunda parte conseguiram chegar à igualdade. 

Com este resultado o Barreirense manteve a sua posição no segundo lugar da tabela classificativa, em igualdade pontual com o Alcochetense que também empatou nesta jornada, mas ficou mais longe da liderança porque o Oriental Dragon, que venceu o Moitense, alargou a vantagem para oito pontos. 


“Gostava de voltar a ter mais oportunidades”


Tendo em conta o facto ocorrido o nosso jornal foi ao encontro do protagonista que nunca tinha marcado um penalti. “Esta foi a primeira vez e a ideia surgiu há semanas atrás quando o mister disse perante a equipa que o próximo penalti que tivéssemos seria eu a marcar. Aconteceu agora, quatro semanas depois de ele ter dito aquilo”.

Kevin Bernardeco confessou que foi uma sensação estranha estar frente a frente com outro guarda-redes. “Não consigo explicar ao certo a sensação. Concentrei-me, marquei e na minha cabeça estava voltar para a baliza, foi uma sensação boa mas ao mesmo tempo estranha, tanto que não festejei efusivamente o golo, mas foi óptimo. De futuro, gostava de voltar a ter mais oportunidades como esta”.

Quem assiste aos jogos do Barreirense vê na baliza um guarda-redes a jogar de capacete. Porquê foi a pergunta que colocámos a Kevin Bernardeco. “Jogo de capacete porque à cerca de dois meses parti num treino o osso superior do maxilar, que fica na zona da fonte e tive que ser operado. Agora, foi um hábito que ganhei. Sinto-me mais seguro para disputar qualquer bola dividida”.


Em relação à carreira da equipa nesta temporada, o guarda-redes do Barreirense diz que “a época está a correr bem. Depois de um início complicado com uma série de empates seguidos, a equipa melhorou com a mudança de treinador. Tivemos logo três vitórias seguidas, fomos recuperando e estamos em segundo lugar, apesar de alguns deslizes que cometemos com equipas do fundo da tabela. Mas, acredito que, com este grupo fantástico que tem muita qualidade, ainda vamos dar muitas alegrias aos nossos adeptos”.

No próximo domingo não há campeonato porque se joga a 1.ª eliminatória da Taça AF Setúbal que será disputada pelas equipas apuradas na fase de grupos, cabendo ao Barreirense defrontar o Alcochetense, no Campo António Almeida Correia, às 14h 30m.

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here