TAÇA DE PORTUGAL»» ORIENTAL DRAGON 0 LEIXÕES 0 (3-4, NOS PENALTIS) - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

sábado, 21 de novembro de 2020

TAÇA DE PORTUGAL»» ORIENTAL DRAGON 0 LEIXÕES 0 (3-4, NOS PENALTIS)

 


Leixões terminou o jogo reduzido a nove jogadores…


ORIENTAL DRAGON  SÓ CAIU NO DESEMPATE POR PENALTIS



Tiago Silva, guarda-redes do Leixões, de 20 anos, natural do Seixal, que começou a praticar futebol a nível oficial no Arrentela, acabou por ser a figura principal do jogo ao defender dois penaltis

 




O Oriental Dragon foi eliminado da Taça de Portugal pelo Leixões, equipa da II Liga, mas saiu de cabeça erguida porque obrigou o seu adversário a prolongamento e só cedeu no desempate, através dos pontapés de penalti.


Apesar de ter terminado o encontro reduzido a nove jogadores (Kiki e Encada foram expulsos), a equipa de Matosinhos treinada por João Eusébio, que também foi expulso, foi mais forte da marca dos 11 metros.



A primeira parte decorreu equilibrada e ambas as equipas dispuseram de boas ocasiões para desfazer o nulo. Do lado do Oriental Dragon, Martim Águas, com cabeceamentos aos 16, 40 e 45 minutos, enquanto no Leixões Joca ficou perto de marcar aos 20 e aos 32.


Tiago Silva foi o homem do jogo
A segunda parte manteve-se equilibrada, como demonstram as duas soberanas oportunidades logo após o reatamento. Aos 50, João Guilherme foi à área do Leixões cabecear muito perto do ferro e, volvidos três minutos, o mesmo jogador, também de cabeça, evitou que Bruno Monteiro festejasse o golo da equipa da II Liga.


Mesmo a jogar em inferioridade numérica desde os 60 minutos (Kiki foi expulso por acumulação de cartões amarelos), os leixonenses continuaram a visar a baliza do Oriental Dragon, que não conseguiu antes dos 90 minutos tirar partido do facto de ter mais um jogador em campo.


No prolongamento, o Leixões ficou reduzido a nove jogadores depois da expulsão de Encada (108 minutos). Com o 0-0 a manter-se, o jogo decidiu-se nas grandes penalidade e aí o guarda-redes Tiago Silva foi decisivo, ao travar os remates de Martim Águas e João Pinto, terminando o jogo em 4-3 para o conjunto da II Liga.


 

FICHA DO JOGO

 

Jogo no Juncal Desportos, na Moita

ÁRBITRO: Ricardo Baixinho (Lisboa)

 

 


ORIENTAL DRAGON: Júnior; Nii Plange, Sandro Costa, Diogo Branco, João Pinto; João Guilherme, Gonçalo Silva, Nico (Igor Ribeiro, 107’), Bruno Grou (Tiago Caeiro, 71’); David Calderon (Leonardo Sousa, 119’) e Martim Águas.

Treinador: Luís Manuel.

 

 

LEIXÕES: Tiago Silva; Edu Machado (Encada, 69’), Pedro Pinto, Brendon, Seck (Wendel, 91’); Bruno Monteiro (Rucker, 118’), Joca (Tiago André, 87’), Jota (Jota Silva, 61’); Kiki, Sapara (Rodrigo, 61’) e Nenê.

Treinador: João Eusébio.

 

Resultado: 0-0, após prolongamento

3-4 no desempate por grandes penalidades

 

Marcadores dos penaltis:

 

0-0, Martim Águas (defesa do guarda-redes).

0-1, Jota Silva.

1-1, Tiago Caeiro.

1-2, Wendel.

2-2, João Guilherme.

2-2, Brendon (à barra).

2-2, João Pinto (defesa do guarda-redes).

2-3, Pedro Pinto.

3-3, Nii Plange.

3-4, Nenê.

 

 

Acção disciplinar: cartão amarelo para Kiki (48’ e 60’), Gonçalo Silva (70’), Tiago Caeiro (77’), Sandro Costa (95’) e Nenê (113’). Cartão vermelho, por acumulação, para Kiki (60’), e directo para Encada (107’) e para o treinador João Eusébio (108’).

loading...

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here