CAMPEONATO DE PORTUGAL»» Moura 2 Pinhalnovense 6 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

sábado, 10 de abril de 2021

CAMPEONATO DE PORTUGAL»» Moura 2 Pinhalnovense 6

 

 

Missão cumprida…

 

 

GOLEADA EM MOURA NA ÚLTIMA JORNADA GARANTE PERMANÊNCIA  

 




O Pinhalnovense, para cumprir o seu objectivo, tinha que vencer em Moura e foi precisamente o que fez, num jogo que lhe correu inteiramente de feição e que terminou com uma goleada.


A equipa de Pinhal Novo terminou a fase regular da competição em sexto lugar com o mesmo número de pontos do Moncarapachense, que foi quinto, porque no mano a mano com a formação de Ricardo Estrelado levou a melhor (empate no Algarve e vitória em Pinhal Novo). Mas, mais importante que tudo isso foi a manutenção que chegou a estar ameaçada.




De facto, à partida para a derradeira jornada havia um conjunto de equipas (Moncarapachense, Esperança de Lagos, Juventude de Évora, Lusitano e Pinhalnovense) que se encontravam em risco de descer de divisão e uma delas com hipótese de garantir o apuramento para a prova de acesso à 3.ª Liga.



Cumprida a jornada ficou então a saber-se que a equipa apurada foi o Moncarapachense e a despromovida foi o Lusitano de Évora. As restantes garantiram a manutenção.



A jogar contra o último classificado, que terminou o campeonato sem conquistar qualquer vitória, o Pinhalnovense entrou no jogo a ganhar porque se colocou na frente do marcador logo aos cinco minutos com um golo marcado quase do meio campo por Miguel Pires, depois um erro defensivo da equipa alentejana permitiu que João Pendão fizesse o 2-0, aos 30 minutos. O Moura, numa das subidas à grande área contrária reduziu para 1-2, mas logo a seguir sofreu o terceiro golo que foi marcado na própria baliza por Lucas Santos.




Na segunda parte a equipa alentejana entrou melhor e Tiago Nascimento, acabado de entrar, voltou a reduzir, colocando o marcador em 2-3.



Ricardo Estrelado mexeu na sua equipa, esta voltou a assumir o jogo, e os restantes golos foram surgindo sem surpresa, por Pedro Paz (65’), Miguel Pires (71’) e Celso Raposo (89’).



No final, vitória da melhor equipa em campo que terminou o campeonato com uma goleada e com a missão cumprida.


 

 

 

FICHA DO JOGO

 

Jogo no Campo do Moura Atlético Clube, em Moura

ÁRBITRO: Pedro Ramalho (Évora)

 




MOURA: Filipe Silva; Ricardo Machado (Tiago Nascimento, 56’), João Lobo, Lucas Santos, Rodrigo Bastos (Enock Frimpong, 45’); Tó Miguel, Bruno Gomes, Amar Boissy (André Graft, 78’); Joseph Amoah, Fábio Pereira (Ibrahima Baldé, 78’) e Pedro Diniz.

  

 Treinador: Bruno Ribeiro

 

 

PINHALNOVENSE: Pardana; Bruno Jesus, Alain Pilar (Roncatto, 78'), Obi, Shinga; Celso Raposo, João Pendão, Miguel Pires (Coutinho, 71'); João Bandeira (Luís Lucas, 78'), Scara (Pedro Carneiro, 67') e Pedro Paz (Valter Dias, 78').  

 

Treinador: Ricardo Estrelado

 

 

 

Ao intervalo: 1-3

 

Marcador: 0-1, Miguel Pires (5’); 0-2, João Pendão (30’); 1-2, Pedro Diniz (37’); 1-3, Pedro Diniz (39’) pb; 2-3, Tiago Nascimento (61’); 2-4, Pedro Paz (65’); 2-5, Miguel Pires (71’); 2-6, Celso Raposo (89’).  

  

Disciplina: cartão amarelo para Tó Miguel (37’), Ricardo Machado (40’), Alain Pilar (43').   

 

loading...

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here