DESPORTIVO FABRIL»» Excelente réplica no jogo com o Estrela da Amadora - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

quarta-feira, 7 de abril de 2021

DESPORTIVO FABRIL»» Excelente réplica no jogo com o Estrela da Amadora

 

 

Fabril atirou duas bolas ao ferro…

 

“FOMOS UMA EQUIPA PERSONALIZADA E NÃO TIVEMOS MEDO DE JOGAR”

 


Equipa de João Nuno tem no domingo uma verdadeira final em casa de um adversário directo, que também precisa de ganhar para não descer de divisão.

 

 


O Desportivo Fabril, que tem vindo a fazer uma recuperação sensacional em termos de tabela classificativa, viu interrompida uma série vitoriosa de três jogos, mas continua a acreditar na concretização do seu objectivo que passa pela manutenção no Campeonato de Portugal.  




O jogo com o Estrela da Amadora previa-se complicado porque se tratava do líder, que também precisava de ganhar para garantir o apuramento para a prova de acesso à II Liga, e na realidade assim aconteceu.




 

A equipa do Barreiro entrou confiante e, mesmo antes do autogolo que colocou o Estrela na frente do marcador, atirou uma bola ao poste, cena que se repetiu mais tarde quando João Araújo atirou de novo ao ferro da baliza adversária. Não marcou o Fabril mas marcou o Estrela pouco depois, colocando assim o resultado em 2-0 a seu favor, resultado completamente injusto para a equipa do Barreiro como aliás foi reconhecido pelo treinador da equipa amadorense, no final da partida.


 

Em declarações ao Canal 11, João Nuno, treinador do Fabril, mostrou-se descontente com o resultado mas satisfeito com a atitude e empenho dos seus jogadores.



 

“Esta foi uma das melhores primeiras partes que fizemos, desde que estou aqui no Fabril. Fomos uma equipa com muita personalidade e não tivemos medo de jogar, acho que o resultado foi muito injusto para aquilo que fizemos mas o futebol é assim, nem vale a pena nos estarmos a lamentar. Tivemos de facto duas bolas na barra mas não conseguimos aproveitar oportunidades”, referiu o técnico, para acrescentar logo de seguida: “Na segunda parte, a ganhar por 2-0, o Estrela da Amadora com a equipa que tem, muito mais experiente que a nossa, tentou controlar o jogo, não arriscou tanto e nós tivemos mais dificuldades em entrar, mas, ainda assim conseguimos reduzir e fazer o 2-1 mesmo a jogar com 10. O Estrela ganhou porque marcou dois golos”, complementou João Nuno.


 

“Os meus jogadores deram uma excelente resposta perante uma grande equipa que tem por objectivo a subida de divisão”, rematou o treinador do Fabril que vai disputar no próximo domingo, na derradeira jornada, uma verdadeira final, nos Açores, contra o Sporting Ideal, que também precisa de ganhar para garantir a manutenção.

loading...

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here