2.ª DIVISÃO DISTRITAL»» VASCO DA GAMA 0 ADQC 0 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

2.ª DIVISÃO DISTRITAL»» VASCO DA GAMA 0 ADQC 0

ADQC levava a lição bem estudada…

Vasco da Gama não ganhou mas manteve a liderança



Vasco da Gama e Quinta do Conde terminaram a primeira volta do campeonato distrital da 2.ª divisão com um empate na partida que ambos disputaram no Estádio Municipal de Sines.

Com o ponto conquistado a equipa do litoral alentejano manteve o primeiro lugar na tabela classificativa mas deixou-se apanhar pelos Pescadores da Caparica que derrotaram nesta jornada o Lagameças.

Na viragem da primeira para a segunda volta as duas equipas [que são apontadas como as principais favoritas à subida de divisão] repartem o comando com 16 pontos, mais cinco que a dupla constituída por Paio Pires e Quinta do Conde que por certo tudo irão fazer na segunda volta para encurtar a distância.

Em relação ao jogo não há muito para dizer porque terminou sem golos. Contudo, e tendo em conta o que afirmam os treinadores fica a ideia que a equipa da Quinta do Conde esteve melhor na primeira parte e que houve um maior equilíbrio na segunda metade, embora na parte final, principalmente após a expulsão de Barbosa, a equipa de Sines tivesse estado mais próxima do golo. Valeu então à ADQC a excelente actuação do seu guarda-redes que defendeu tudo o que havia para defender e uma estratégia bem montada que acabou por resultar em pleno. A equipa de Sines esteve um pouco aquém do que vinha sendo habitual e acabou por ser penalizada por isso.

Depois da paragem de uma semana, o campeonato regressa no dia 14 com a realização da primeira jornada da segunda volta da primeira fase da competição com o Vasco da Gama a receber o Moitense e a ADQC a deslocar-se a Paio Pires.


A OPINIÃO DOS TREINADORES:

FERNANDO CANDEIAS, treinador do Vasco da Gama:

“O adversário utilizou as armas que tinha e acabou por ser feliz”

Na primeira parte não estivemos bem porque jogámos com pouca intensidade e o adversário se adaptou bem ao ritmo de jogo. Não conseguimos superioridade. Na segunda parte melhorámos bastante, conseguimos colocar mais velocidade no jogo e tivemos inúmeras oportunidades para marcar mas não fomos eficazes na finalização. Temos que dar os parabéns ao adversário porque a estratégia deles resultou. Isto serve também reflectirmos e tentarmos fazer melhor nos próximos jogos porque hoje não estivemos ao nosso nível. Vínhamos de uma sequência boa de resultados mas hoje tivemos uma quebra a nível exibicional. O adversário utilizou as armas que tinha para contrariar o nosso jogo e acabou por ser feliz porque não criou nenhuma situação de perigo mas conquistou um ponto”.


MANUEL PINÉU, treinador do Qt.ª Conde:

“Houve um grande carácter e um grande rigor táctico dos meus homens”

“Sabíamos que a concentração e o rigor táctico eram importantíssimos para somarmos os três pontos. Na primeira parte demos a iniciativa do jogo à equipa do Vasco da Gama de Sines porque através da velocidade dos nossos homens mais avançados podíamos causar estragos com veio a acontecer colocando sempre a defesa da equipa da casa em sentido. Nesse período dispusemos de duas boas oportunidades para inaugurar o marcador e, em sentido inverso, o nosso guarda-redes pouco ou nenhum trabalho teve. A segunda parte foi muito mais equilibrada e nós não conseguimos ser tão intencionais no último terço do campo. Aos 70 minutos vimos o nosso jogador Barbosa ser expulso (e bem) e a partir daí tudo ficou condicionado ao que ainda tínhamos tencionado fazer. Nesses 25 minutos finais a minha equipa mostrou um querer e um carácter fora do normal. Nesse período a equipa da casa dispôs de três boas oportunidades para marcar, mas o nosso guarda-redes fez o que lhe competia e conseguiu manter as nossas redes invioláveis. Houve um grande carácter e um grande rigor táctico dos meus homens. Portanto, só tenho que me sentir feliz por ter o privilégio de treinar esta equipa. A arbitragem esteve em bom nível, só não entendi a expulsão do meu treinador de guarda-redes, a expulsão do jogador de campo foi mais que justificada”.


FICHA DO JOGO

Jogo no Campo Municipal, em Sines
ÁRBITRO: Marco Machado (Núcleo de Santiago do Cacém)

VASCO DA GAMA: Flávio; Nuno Diogo (Ruben Soares, 75’), João Nunes, Valdir, Flávio Alexandre; Caixeirinho (João Guedes, 45’), Miguel, Paulo Duarte; André Silva (Ricardo Ferreira, 45’), Kuky e Edson Malik (Pedro Alves, 60’).
TREINADOR: Fernando Candeias

ADQC: Rui Jubita; Hélder, Giló, Cláudio, Bruno Fernandes (Samuel, 45’); Vasco Botelho, David, Márcio (Alberto Soeiro, 62’); Afonso Caeiro (Rodri, 45’), Amândio Ramião (João Monteiro, 73’) e Barbosa.
TREINADOR: Manuel Pinéu

Ao intervalo: 0-0
Disciplina: Barbosa (70’) foi expulso com duplo amarelo.

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here