1.ª DIVISÃO DISTRITAL»» C. INDÚSTRIA1 OLÍMPICO 2 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

1.ª DIVISÃO DISTRITAL»» C. INDÚSTRIA1 OLÍMPICO 2

Bonifácio defendeu um penalti cobrado por Carlos Miguel

Olímpico do Montijo surpreende Comércio na Bela Vista



O Comércio e Indústria foi surpreendido em casa pelo Olímpico do Montijo que obteve assim a sua segunda vitória fora de casa [a outra foi em Santiago do Cacém] das três que tem no campeonato. Quer isto dizer que parece ser uma equipa mais talhada para jogar fora que em casa, pelo menos é o que dá a entender pelos resultados até agora obtidos.

Quem começou melhor até foi a equipa sadina que se adiantou no marcador logo aos quatro minutos por Rafa mas depois os montijenses acabaram por dar a volta ao marcador com golos de Edgar [este marcado ainda na primeira parte] e Fula [já no decorrer da segunda].

Para além destas ocorrências há também a registar uma outra bastante interessante. Estamos a falar de uma grande penalidade contra o Comércio e Indústria que não foi aproveitada pela equipa do Montijo. Frente a frente estiveram os dois guarda-redes [Carlos Miguel e Bonifácio] um a tentar marcar e o outo a tentar defender. Carlos Miguel arrancou o remate com a intenção de marcar mas Bonifácio não permitiu que isso acontecesse ao defender a bola enviada pelo adversário.

No final da partida Carlos Ribeiro criticou os seus jogadores acusando-os de falta de humildade e respeito pelo adversário e Ricardo Balegas salientou o bom jogo realizados pelos seus pupilos.

Na próxima jornada o Comércio e Indústria desloca-se a Palmela e o Olímpico do Montijo recebe o Alfarim, no Campo da Liberdade.


A OPINIÃO DOS TREINADORES

CARLOS RIBEIRO, treinador do C. Indústria:

“Foi um castigo merecido porque não respeitámos o adversário”

“Perdemos contra um adversário que considero ser o mais fraco que defrontámos, até ao momento. Eu avisei os jogadores que para ganharmos o jogo tínhamos que ser humildes e respeitar o adversário porque os jogos que às vezes parecem mais fáceis são aqueles que se tornam mais difíceis. E, depois, como entrámos muito bem e fizemos um golo bastante cedo ainda pior mais falta de respeito mostrámos pelo adversário e acabámos por ser penalizados por isso. Este era um adversário que estava perfeitamente ao nosso alcance e perdemos de forma inesperada. Em minha opinião foi um castigo merecido porque não respeitámos o adversário”.


RICARDO BALEGAS, treinador do Olímpico do Montijo:

“O Olímpico fez um jogo fantástico, jogou muito organizado e com muita cabeça”

“Entrámos mal no jogo e sofremos logo de início um golo. Depois chamei a atenção dos jogadores para que fossem corrigidos alguns pormenores, eles encaixaram na equipa adversária e a partir daí o jogo foi totalmente assumido pela minha equipa. Somente nas bolas paradas e com um tipo de futebol mais directo é que o Comércio procurava criar algum perigo principalmente através da velocidade dos seus extremos. Mas nós não os deixámos jogar e, apesar do terreno de jogo estar muito pesado, fizemos uma boa circulação, tivemos muito mais posse e a nossa defesa esteve muito bem [tirando o lance do golo]. Resultado, fomos controlando sempre e criado muito mais oportunidades sendo a mais flagrante desperdiçada na cobrança de uma grande penalidade, no último lance da primeira parte. Fomos para o intervalo com a noção de que estávamos a trabalhar bem mas que poderíamos fazer ainda melhor e assim foi entrámos muito fortes na segunda parte e acabámos por chegar à vitória. A nossa equipa fez um jogo fantástico, jogou muito organizada, com muita cabeça e com um estado emocional muito calmo e depois com a persistência e com a qualidade do nosso jogo conseguimos o que queríamos. Contudo, este Comércio não tem nada a ver com aquele que encontrámos na Taça”.


FICHA DO JOGO

Jogo no Campo da Bela Vista, em Setúbal
ÁRBITRO: Ricardo Figueiredo (Núcleo de Setúbal)

COM. INDÚSTRIA: Bonifácio; Cacela. Dany, Álvaro, Madruga; Paulo Vinícius, Daniel Baião, Diogo; Rui Faria (Gonçalo, 60’), Luís Costa (Bruno Gonçalves, 65’) e Rafa (Tavira, 90’).
TREINADOR: Carlos Ribeiro

OLÍMPICO DO MONTIJO: Carlos Miguel; Vasco, Bá, Talinhos, Paulinho; Paulo Mota, Edgar, Pedro Monteiro; Queijinho (Cláudio Futre, 65’), Neto (Henrique, 75’) e Fula (Marcelo, 90’).
TREINADOR: Ricardo Balegas

Ao intervalo: 1-1
Marcadores: 1-0, Rafa (4’); 1-1, Edgar (30’); 1-2, Fula (60’)
Disciplina: Foram expulsos Dany e Pedro Monteiro, ambos aos 70 minutos


Post Bottom Ad

Responsive Ads Here