1.ª DIVISÃO DISTRITAL»» BARREIRENSE 2 SESIMBRA 0

Sesimbra realizou uma exibição descolorida…

Vitória coloca Barreirense a dois pontos do primeiro lugar

Depois da inesperada derrota sofrida na jornada anterior em Palmela, o Barreirense regressou às vitórias na partida disputada com o Sesimbra e com os pontos obtidos subiu ao terceiro lugar da tabela classificativa com apenas menos um ponto que o Amora e menos dois que o U. Santiago que é o novo líder da competição.

A vitória da equipa orientada por Pedro Duarte não merece qualquer tipo de contestação porque foi efectivamente melhor que o seu adversário, como de resto foi reconhecido no final do encontro pelo próprio treinador, Alfredo Almeida.

Crisanto e Rúben Guerreiro, com golos marcados ainda no decorrer da primeira parte, foram os marcadores da equipa do Barreiro que somou assim a sua quinta vitória no campeonato.

O Sesimbra, com a derrota sofrida, baixou para o 9.º lugar mas continua perfeitamente integrado no lote das melhores equipas e não muito longe em termos pontuais dos primeiros lugares.

Na próxima jornada o Barreirense desloca-se ao Estádio da Medideira para defrontar o Amora naquele que será o jogo da jornada e, ao mesmo tempo, o reviver dos bons velhos tempos em que se defrontavam para outras competições.

Tarefa complicada vai ter também o Sesimbra que recebe no Estádio Vila Amália um dos candidatos, o Alcochetense, que ocupa agora o quarto lugar com os mesmos pontos do terceiro classificado.


A OPINIÃO DOS TREINADORES

PEDRO DUARTE, treinador do Barreirense:

“Parabéns aos meus jogadores que fizeram um grande jogo”

“Foi um jogo difícil contra uma boa equipa, com bons jogadores e bem orientada. Como trabalhamos durante a semana com determinação e empenho para conseguir sempre um bom resultado, entrámos muito fortes no jogo a demonstrar que estávamos determinados em ganhar. Exercemos grande pressão sobre o adversário e criámos inúmeras situações de golo que acabou por surgir aos 15 minutos com alguma naturalidade. Continuámos em cima do adversário a jogar bom futebol e acabámos por fazer o 2-0 ainda antes do intervalo. Na segunda parte continuámos bem no jogo, a controlar e a jogar bem e conseguimos várias oportunidades de golo, mas sem sucesso. Tivemos 3 ou 4 situações claríssimas de golo e duas bolas no poste. A equipa do Sesimbra ainda reagiu mas nós estivemos sempre muito bem defensivamente e não consentimos que nos criassem perigo. Não podia deixar de manifestar o meu desagrado em relação à minha expulsão que foi extremamente injusta. Não faltei ao respeito a ninguém (a única coisa que disse foi, "é canto, é canto”) e o árbitro dirigiu-se a mim dizendo-me que estava expulso. Em 20 anos de profissional de futebol, envergando sempre a braçadeira de capitão em todos os clubes por onde passei, nunca fui expulso por faltar ao respeito a um árbitro. Estou muito triste e frustrado com esta situação. Para finalizar, quero dar os parabéns aos meus jogadores que fizeram um grande jogo”


ALFREDO ALMEIDA, treinador do Sesimbra:

“Foi o pior jogo do Sesimbra esta época”

“Foi o pior jogo do Sesimbra esta época porque não fizemos nada bem. O Barreirense foi um justo vencedor porque esteve melhor durante todo encontro. Sofremos dois golos a mais de 40 metros e o Sandro Neves foi expulso antes do intervalo situação que complicou ainda mais a nossa tarefa. Na segunda parte alterámos jogadores e a forma de jogar e a equipa melhorou um pouco mas nada fizemos para conseguir um golo e voltar ao jogo. Hoje, ao contrário de muitas semanas, estou completamente desiludido com os jogadores porque perderam não por terem menos qualidade individual que o adversário mas sim porque o adversário teve atitude, dinâmica, solidariedade e agressividade [no bom sentido] e o Sesimbra nessas componentes foi zero. Para a semana há mais”.


FICHA DO JOGO

Jogo no Campo da Verderena, no Barreiro
ÁRBITRO: Mário Quendera (Núcleo do Pinhal Novo)

BARREIRENSE: Kevin; Carlos André, Fragoso, Bruno Costa, Miguel Gomes; Crisanto (Pombo, 80’), João Nuno (Bruno Cruz, 75’), Maside; Fabrício (Mauro, 60’), Ruben Guerreiro e Bailão.
TREINADOR: Pedro Duarte

SESIMBRA: Gonçalo; Fábio, César, João Mata (Edson, 45’), Sandro Neves; Tiago Neto, Huguinho, Rui Santos (Sandro Gomes, 65’); Bernardo Mata, Sérgio Zeferino e Miguel Correia (Nuno Dias, 45’).
TREINADOR: Alfredo Almeida

Ao intervalo: 2-0
Marcador: 1-0, Crisanto (15’); 2-0, Ruben Guerreiro (25’)
Disciplina: Bruno Cruz (90’) e Pedro Duarte (treinador do Barreirense) foram expulsos

Share on Google Plus