2.ª DIVISÃO DISTRITAL»» LAGAMEÇAS 1 PESCADORES 3 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

2.ª DIVISÃO DISTRITAL»» LAGAMEÇAS 1 PESCADORES 3

Lagameças tece duras críticas à arbitragem…

Vitória coloca Pescadores no topo da classificação

Os Pescadores da Costa de Caparica venceram o Lagameças por 3-1 e igualaram o Vasco da Gama de Sines [que não conseguiu melhor que um empate na recepção à Qt.ª do Conde] no topo da classificação geral. No final da primeira volta da primeira fase da competição as duas equipas que são apontadas como as principais favoritas à subida de divisão estão na frente com 16 pontos contra 11 do Paio Pires e Quinta do Conde que seguem na terceira e quarta posição respectivamente.

Voltando ao jogo disputado em Lagameças, ressalta as duras críticas apontadas à equipa de arbitragem pelo treinador Nuno Passos que acabou por ser expulso, tal como um jogador seu e um outro dos Pescadores.

A equipa da Costa de Caparica, agora treinada pelo antigo campeão do mundo de Riade, Amaral, abriu o activo por Pelé aos 24 minutos e Romário aumentou a vantagem aos 32. Ainda no decorrer da primeira parte, o Lagameças viu o seu esforço compensado com a obtenção de um golo por Fábio Ferreira, aos 40 minutos.

Na segunda parte, embora o esforço das duas equipas fosse enorme, apenas foi marcado mais um golo e para a formação da Costa de Caparica por intermédio de Hugo Semedo, aos 62 minutos que colocou o marcador em 3-1.

De registar também o facto de os Pescadores terem desperdiçado um penalti cobrado por Bala [um pouco antes do primeiro golo], ao qual correspondeu o guarda-redes Hélio Marques com uma grande defesa e uma bola atirada ao ferro da baliza do Lagameças por parte da equipa da Caparica.

Na próxima semana o campeonato sofre uma paragem devido à transição da primeira para a segunda volta da primeira fase da competição. No dia 14 quando for reatado, o Lagameças desloca-se a Alcácer do Sal e os Pescadores viajam até Santo André.



A OPINIÃO DOS TREINADORES:

NUNO PASSOS, treinador do Lagameças:

“Jogar contra duas equipas torna-se muito complicado"

“As duas equipas entraram em campo na procura de um bom resultado para o fecho da primeira volta mas para o Lagameças foi uma tarde para mais tarde não recordar, não pelo desempenho e entrega da minha equipa mas pelo facto de ter que lutar não contra um adversário mas sim contra duas equipas, torna tudo mais complicado. A minha crítica vai toda para o trio de arbitragem que pura e simplesmente vem brincar ao domingo com quem trabalha durante a semana com dificuldades e condições por vezes adversas ao que gostaríamos de ter. Ao que sabemos foi o primeiro jogo de seniores que estariam a apitar [brincar]. A dualidade de critérios esteve presente desde do primeiro ao último minuto do jogo que se tornou quezilento e feio devido à má prestação desta terceira equipa que apenas via faltas num sentido, contra o Lagameças. Aconteceu num penalti que não existiu em que o meu guarda-redes faz uma defesa magnífica e em dois golos obtidos de bola parada (cantos) onde existe apoio dos braços sobre os meus defesas. Depois de confrontar o assistente, este diz-me e passo a citar “salta sim apoiado mas sem braços”. Haverá alguém que me consiga explicar o que é isto? Saltar apoiado mas sem braços… Será que alguém me consegue explicar como é que um jogador meu [Tiago Carapinha] é agredido pelo capitão dos Pescadores com uma cotovelada no rosto que origina uma grande confusão e quem acaba por ser expulso é o meu jogador [depois de ter sido agredido e de se levantar para ser socorrido ao voltar ao jogo recebe o cartão vermelho] e o guarda-redes dos Pescadores? É lamentável que isto aconteça devido a este trio de meninos que, por terem um apito, pensam que são donos e senhores da razão. Podia ter perdido o jogo na mesma, pois como já foi dito por alguém que anda no distrital há muitos anos e por quem tenho uma grande amizade e apreço, o Lagameças acaba por ser um clube incomodativo para muita gente, e este domingo isto esteve bem patente. Não querendo tirar mérito sobre a vitória obtida pelos Pescadores, deixo aqui um apelo a quem de direito. Por favor, tomem atenção às nomeações e escolhas que são feitas para apitar os jogos da 2.ª Divisão Distrital e já agora vamos esperar para ver as despenalizações desta semana. Para terminar quero deixar o voto de rápidas melhoras ao guarda-redes dos Pescadores que se lesionou com alguma gravidade e que volte à competição o mais rápido possível. Quero também pedir desculpa aos nossos associados por tudo e deixar a garantia que continuaremos a trabalhar com o objectivo claro de mudar o rumo dos acontecimentos".


JORGE AMARAL, treinador dos Pescadores:

“Soubemos gerir o jogo e ganhámos com inteira justiça”

“A equipa ainda está a passar por uma fase de assimilação de processos e as coisas não se fazem de um dia para o outro. De qualquer forma, já se nota uma certa melhoria em determinados pormenores. O campo não ajudou. Mas, mesmo assim, como temos grande capacidade de ter bola chegámos rapidamente ao 2-0. Depois, a equipa entrou no jogo do adversário, que praticava um futebol mais directo, e acabou por permitir o golo. Quer isto dizer que a primeira parte foi dominada inteiramente pelos Pescadores, à excepção dos últimos minutos. Na segunda parte não entrámos muito bem, o adversário começou a acreditar que poderia chegar ao empate e tivemos cerca de dez minutos menos bons. A partir daqui voltámos a assumir o jogo e criámos diversas oportunidades [onde se incluem um penalti desperdiçado e uma bola atirada à barra], que poderiam ter dado outra expressão ao resultado. Em suma, fomos uma equipa que soube gerir o jogo e ganhámos com inteira justiça”.


FICHA DO JOGO

Jogo no Campo Adelino Cais Esteves, em Lagameças
ÁRBITRO: Ricardo Guerreiro (Núcleo de Almada / Seixal)

LAGAMEÇAS: Hélio Marques; António Estrela (Ricardo Teixeira, 20’), Ruben Marcolino, Cristóvão Rosado, João Pinto (André, 70’); Tiago Curado (Ruben Balseiro, 25’), Hugo Ramos, Pedro Silva; Bruno Barros, Vítor Oliveira (Tiago Carapinha, 60’) e Fábio Ferreira
TREINADOR: Nuno Passos

PESCADORES: Hernâni; João Martins, Roger, Palma, Igor; Pelé, Bala (Cascalho, 80’), Fábio Lemos; Rafa, (Rodrigo, 61’), Dany (Semedo, 45’) e Romário (Júlio, 84’)
TREINADOR: Jorge Amaral

Ao intervalo: 1-0
Marcadores: 0-1, Pelé (24’); 0-2, Romário (32’); 1-2, Fábio Ferreira (40’); 1-3, Semedo (62’)
Disciplina: Hernâni (Pescadores), Tiago Carapinha e o treinador Nuno Passos (Lagameças) foram expulsos

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here