OLÍMPICO DO MONTIJO»» Marco Bicho é o novo treinador - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

segunda-feira, 2 de agosto de 2021

OLÍMPICO DO MONTIJO»» Marco Bicho é o novo treinador

 


Os objectivos estão bem definidos…



“QUERO ESTAR A ALTURA DA EXIGÊNCIA DOS ADEPTOS DO MONTIJO”


 

Hugo Pacheco, o director desportivo, já assegurou dois regressos, duas renovações e quatro reforços.

 


 

Miguel Ângelo renovou por mais uma época

O Olímpico do Montijo Futebol SAD, que vai disputar o Campeonato Distrital da 1.ª Divisão da Associação de Futebol de Setúbal, já começou a preparar a temporada de 2021/2022. O primeiro passo da administração da sociedade desportiva foi dado no sentido de encontrar uma pessoa para dirigir os destinos do clube na competição. E a solução encontrada para desempenhar o cargo de director desportivo foi Hugo Pacheco, que nas últimas três épocas foi treinador-adjunto no Pinhalnovense, mas também já havia passado nessa condição pelo clube montijense.


"É com o espirito de missão de recolocar o Olímpico no patamar que merece que aceitei o convite da administração da SAD” referiu a propósito Hugo Pacheco.


Resolvida esta questão seguiu-se a contratação de Marco Bicho para o cargo de treinador, que também está de regresso ao clube que chegou a orientar a época de 2019/2020.


O técnico, de 41 anos, diz que se sente “honrado por ter recebido um convite de um clube como o Olímpico. Vou exigir tanto de mim, como da restante equipa técnica, para estar a altura da exigência dos adeptos do Montijo”.  


No que respeita a jogadores, neste momento foram apresentados oito, tendo dois deles renovado com o clube, o guarda-redes Tiago Santos e o defesa-central Miguel Ângelo. Depois há também a registar o regresso de Diogo Arreigota que na época passada representou o Juventude de Évora no Campeonato de Portugal e Márcio Fernandes que jogou na Polónia.


Como novidades, o clube apresentou até agora Ivan Buha (ex-Coruchense), Miguel Matos (ex-Barreirense), Tom (ex-Atlético) e Gonçalo Cabral (ex-Sintrense).



Tom, internacional caboverdiano é um dos reforços
Ivan Buha tem 25 anos, é defesa e na época passada fez parte da equipa do Coruchense que subiu ao Campeonato de Portugal. Teve uma breve passagem pelo Olímpico e pelo Oriental Dragon na mesma época (2018/19) mas também passou pelo Ginásio Figueirense, Fátima, U. Leiria, Nacional, Sporting, Barreirense e Sporting Vinhense.


Miguel Matos, 24 anos, é também defesa e chega do Barreirense, depois de ter representado o Belenenses, Palmelense, Fabril, Banheirense, Sporting e CRI.


Tom, médio de 34 anos, natural de Cabo Verde, internacional pelo seu país, representou na época passada o Coimbrões e o Atlético, onde fez 11 jogos e marcou dois golos. Antes, jogou no Torreense, Casa Pia, Académica, Oriental, Benfica de Luanda, 1.º de Agosto, Anadia, Sporting da Praia e Estrela dos Amadores.


Gonçalo Cabral, avançado, 21 anos, vem do Sintrense onde jogou depois de ter passado pela equipa sub-23 do Cova da Piedade e Sampdoria, fez a sua formação no Belenenses e Sporting.

 

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here