1.ª DIVISÃO DISTRITAL – MELIDENSE 2 MONTE CAPARICA 2

Monte de Caparica deixa escapar vitória na compensação

  O Monte de Caparica não conseguiu melhor que um empate em casa do último classificado, o Melides, quando, na verdade, podia ter regressado com os três pontos da vitória.

A exibição não foi primorosa mas a igualdade registada no final do encontro tem algum sabor a injustiça não só pela diferença existente entre as duas equipas mas também devido ao trabalho negativo da equipa de arbitragem que assinalou um penalti muito duvidoso que resultou no primeiro golo do Melidense e deixou passar em claro um fora de jogo que viria a dar origem ao golo do empate, quando decorria já o período de compensação (90+3’).

O Monte de Caparica entrou no jogo deliberadamente ao ataque mas curiosamente seria a equipa da casa a primeira a criar perigo, logo aos dois minutos, ao atirar uma bola à barra. Depois, a partir daí, nunca mais conseguiu passar do meio campo. Os caparicanos estiveram sempre muito pressionantes e dispuseram de muitas oportunidades de golo mas só conseguiram concretizar uma aos 36 minutos por Jota, saindo para o intervalo com a magra vantagem de 1-0.

Na segunda parte, o Monte de Caparica voltou a entrar muito bem no jogo mas não se conseguia adaptar nem com o estado do terreno (pelado) nem ao estilo de jogo do adversário e o jogo começou a perder a qualidade. A partir dos 55’ as coisas melhoraram e o Monte de Caparica sem surpresa aumentou para 2-0, depois baixou o ritmo de jogo e tudo se alterou. O Melidense começou a despejar bolas para a área começou a criar alguns problemas e pouco tempo depois surgiu o tal penalti duvidoso. A equipa sentiu o golo, desconcentrou-se e passou por alguns momentos conturbados que acabaram por ser fatais porque estiveram na origem do golo da igualdade marcado em posição ilegal.

Na próxima jornada, o Monte de Caparica recebe no Campo Rocha Lobo o Paio Pires que nesta jornada derrotou o Beira Mar de Almada, por 3-1.

FICHA DO JOGO 

Jogo no Campo do Castelo, em Melides
ÁRBITRO: Manuel Janota Tavares (Pinhal Novo)

MONTE CAPARICA: Mascarenhas; Benja, Conceição, Canário, Heta; Bala (Austrelino, 63’), Pelé, Jota; Nuno Varela, Gelson (Bruno Cardoso, 83’) e Joel Carvalho (Luisinho, 60’).
Suplentes não utilizados: Carlos Nobre, Nelson, Dário Vera e João Monteiro
TREINADOR: José Meireles

Ao intervalo: 0-1
Marcadores: 0-1, Jota (36’); 0-2, Joel Carvalho (60’); 1-2, aos 67’ gp; 2-2, aos 90+3’.
Share on Google Plus