AMORA Treinador pede concentração em Massamá - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

sábado, 20 de abril de 2013

AMORA Treinador pede concentração em Massamá

“Estamos cientes das dificuldades
mas queremos um resultado positivo”

  O Amora desloca-se no próximo domingo a Massamá onde defronta o Real em jogo a contar para a 4.ª jornada da segunda fase do Campeonato Nacional da 3.ª Divisão com a intenção de regressar a casa com um resultado positivo para poder continuar a alimentar o seu objectivo que passa por chegar ao fim numa das duas primeiras posições.

A equipa da casa parece estar a atravessar um bom momento e está com uma veia goleadora notável, com se pode comprovar pelos resultados obtidos com o Peniche (6-1) e com o Cartaxo (7-1) mas desta vez vão encontrar um adversário determinado em contrariar essa tendência e disposto a repetir a vitória alcançada na primeira fase, que foi de 1-0.

Por parte do Amora, que se encontra em 4.º lugar, com 18 pontos, há ainda a motivação de poder alcançar o seu adversário que ocupa o segundo lugar na tabela classificativa, com 21 pontos. Uma vitória é quanto basta e é isso mesmo que os jogadores vão tentar fazer quando subirem ao relvado do Complexo Desportivo do Real Sport Clube.

 “Sabemos que vamos encontrar uma excelente equipa, muito bem organizada e altamente moralizada. Portanto, vamos para Massamá cientes das dificuldades mas com a perspectiva de um resultado positivo”, disse ao nosso jornal o treinador Pedro Amora que não se mostra demasiadamente preocupado com o facto de o adversário possuir o ataque mais concretizador da série.

As preocupações são as normais de mais um jogo. Temos que estar concentrados do primeiro ao último minuto e, principalmente, não cometer erros infantis”, como aconteceu no passado domingo com o Pero Pinheiro.

Os erros fazem parte do jogo, estão identificados e debatidos. Por isso, espero que os jogadores se lembrem durante muito tempo deles, no sentido de não os voltar a cometer”, complementou o técnico que não vai poder utilizar o defesa Aguilar, expulso no último encontro, com cartão vermelho directo, depois de ter sido substituído, quando se encontrava no banco.

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here