Portugueses lá por fora… - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

terça-feira, 23 de abril de 2013

Portugueses lá por fora…


Portugueses lá por fora…

Bruno Martinho brilha no Benfica de Macau



Bruno Martinho começou a jogar futebol no Arrentela, transferiu-se depois para o Paio Pires e posteriormente para o Amora de onde saiu já esta época para o Benfica de Macau, equipa que participa na Liga de Elite daquele país. Com 10 jogos realizados os benfiquistas de Macau têm 8 vitórias e duas derrotas e ocupam o terceiro lugar na tabela classificativa, com menos três pontos que o segundo e menos seis pontos que o primeiro. Bruno Martinho já leva quatro golos marcados no campeonato. Eis, o que dizem dele lá por Macau…



A família, o Benfica de Macau e o Benfica na Europa

Bruno Martinho é o Bom Gigante da equipa do Benfica de Macau. Visto da bancada pelo espectador menos familiarizado, as primeiras impressões podem ser muito, muito diferentes das que vamos depois descobrir. O contraste não podia ser maior: em reportagem, mesmo que de junto à linha, guardo aquela imagem do avançado que leva tudo à frente, que se impõe aos defesas contrários, que remate de cabeça, mas também se atira ao chão para disferir com a ponta do pé. Um peso, pesado, um daqueles Action Man. Naquela 6ª feira, às portas do Estádio de Macau, à saída, conheci a pessoa, o homem de família, o profissional com ambições e objectivos bem traçados, um outro lado de Bruno Martinho, que muito gosto me deu conhecer.
A decisão de vir para Macau não foi tomada de ânimo leve. O jogador recorda que até disse não a uma primeira abordagem. A família falou mais alto: mulher e filhote de apenas 3 anos teriam que ficar para trás, e estas não são decisões que se tomem de ânimo leve. Uma conversa com a esposa levou a uma reviravolta nos procedimentos. Bruno Martinho tinha então um sim para dar aos dirigentes do Sport Macau e Benfica. Veio, "e agora está a ser tudo 5 estrelas (...) as saudades, vamos minimizando com recurso ao Skype." Quanto ao seu Benfica de Macau diz que a equipa está a ter um bom período de adaptação, “agora é chegar ao 1.º lugar e ser Campeões, é o único objective que temos. Tem que ser! Temos que dar tudo para ganhar, para no final sermos campeões e festejarmos todos.” Quanto ao jogo com o Lam Ieng, pedimos a Bruno Martinho que nos resumisse tal como a jogou e sentiu, uma vez que só pudemos chegar ao Estádio já o jogo ia com 5 minutos na etapa complementar. “Eles jogaram (em linha) para o fora-de-jogo. Na primeira parte atacámos, atacámos, mas o Benfica não conseguiu chegar ao golo. Na segunda parte, entrámos com tudo, fomos para cima deles e resolvemos o jogo.”

Um jogador especial

Observemos agora outro comentário: Bruno tem 191 cm de alto a baixo, é forte e calibra-os com 85 kg de peso. Os adjectivos, associados à figura de um avançado, costumam provocar um torcer de nariz, o franzir de um dos sobreolhos e puxar à língua o depreciativo, tosco. Desenganem-se e observem melhor. Apesar do Benfica contar com uma mão cheia de avançados que estão todos a cumprir com os seus deveres de jogadores de equipa - Jardel soma e segue, Pio Júnior é raro o jogo em que não faz o gosto ao pé, Cuco está ali para as ocorrências e agora juntou-se à equipa começando desde logo a facturar o brasileiro Fabrício Lima - a verdade é que Bruno Martinho acaba por ser um 'jogador especial porque, para além de marcar golos decisivos, é muitas vezes o jogador de equipa que na área adversária vai ao choque e deixa o ressalto que sobra para o companheiro de equipa. Mas ele por si mesmo, também decide, nos 9 jogos do Benfica na 1ª volta, os encarnados venceram 7 sendo três deles pela margem mínima e aqui há que realçar o facto de Bruno Martinho ter marcado os tentos decisivos em dois deles.

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here