AMORA Carlos Rebocho e o jogo com o Cartaxo

 “Na teoria somos favoritos mas não há vencedores antecipados”


  O Amora recebe no próximo domingo no Estádio da Medideira, o Cartaxo, em jogo a contar para a quinta jornada, que é simultaneamente, a última da primeira volta da segunda fase da competição.

Frente-a-frente vão estar duas equipas que têm tido alguns percalços nos jogos até agora realizados. Mas, ainda assim, o favoritismo recai totalmente para os azuis da Medideira que actuam em casa perante um adversário que se tem revelado como o mais fraco de toda a Série E, contando por derrotas todos os jogos disputados fruto de apenas um golo marcado e dezasseis sofridos. De qualquer forma, será bom estarem precavidos para qualquer eventualidade e darem tudo logo de início para evitarem que aconteça o que aconteceu na primeira fase da competição, onde a situação era muito semelhante, mas quem acabou por ganhar foi a equipa forasteira.

Devido à derrota sofrida na jornada anterior em Massamá, o objectivo de alcançar um dos dois primeiros lugares está agora mais difícil mas os amorenses recusam atirar a toalha ao chão e, por isso, tudo vão fazer para conquistar os três pontos da vitória que poderá relançar de novo a equipa na luta por um dos lugares que dão direito a participar na próxima temporada na primeira eliminatória da Taça de Portugal.

 Carlos Rebocho, treinador-adjunto, diz que “o Amora está a encarar o jogo como faz sempre. Isto é, com o pensamento na vitória. Apesar da derrota sofrida na última jornada o grupo de trabalho está confiante e motivado para alcançar os três pontos”.

 A diferença pontual entre as duas equipas é grande e os resultados também jogam a favor da equipa da margem sul do Tejo mas o técnico amorense alerta para o perigo que por vezes estes jogos têm. “Na teoria somos favoritos mas não há vencedores antecipados. Na cabeça dos jogadores às vezes existe algum excesso de confiança quando se defrontam adversários assim. Portanto, é preciso ter cuidado.”

Em relação à questão dos guarda-redes, Carlos Rebocho afirmou que “para esta semana, em princípio, o problema está resolvido”.

 Para esta partida foi nomeado o árbitro Roberto Rebelo, da Madeira.
Share on Google Plus