2.ª DIVISÃO DISTRITAL – BANHEIRENSE 0 FARALHÃO 0 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

terça-feira, 9 de abril de 2013

2.ª DIVISÃO DISTRITAL – BANHEIRENSE 0 FARALHÃO 0

Para o Banheirense foi extremamente injusto

  O Banheirense perdeu uma excelente oportunidade para subir ao segundo lugar da tabela classificativa.

O empate registado no jogo disputado com o Faralhão não satisfez em nada as suas pretensões que passavam pela conquista dos três pontos que teriam sido suficientes para ultrapassar o Arrentela que perdeu em casa com o U. Santiago.

 O jogo que se realizou no Vale da Amoreira ficou marcado pela presença de muitos adeptos da equipa da Baixa da Banheira que entrou a todo o gás, desperdiçando golos atrás de golos, até ao intervalo. Pais, Diogo e Celestino foram os mais perdulários ao não aproveitarem excelentes ocasiões para marcar fazendo mesmo o mais difícil, falhar. Na primeira parte, o Faralhão ainda tentou incomodar através de bolas paradas, bombeadas para a área, mas nunca chegou a criar perigo para a baliza à guarda de Washington que foi um mero espectador.

 Na segunda parte o jogo foi mais fraco tanto a nível técnico como a nível táctico com alguns jogadores a acusarem muito desgaste físico, devido muito provavelmente ao campo que estava muito quente e à própria temperatura. Mesmo assim, foi o Banheirense quem mais tentou chegar à vantagem, para não perder de vista os primeiros classificados, e oportunidades foi coisa que não faltou, assim como a sorte que também não esteve com a equipa da Baixa da Banheira que viu uma bola ser devolvida pelo poste da baliza adversária e, depois, a 15 minutos do fim, ficou reduzida a 10 jogadores por expulsão de Colaço que derrubou um adversário que se isolava. A jogar com mais um elemento, no último quarto de hora, o Faralhão tentou ir para a frente mas, ainda assim, foi o Banheirense quem esteve mais perto do golo.

No final, pode dizer-se que o resultado se apresenta extremamente injusto para a equipa da casa que foi penalizada principalmente pelo seu débil poder de concretização.

 Na próxima jornada, o Banheirense desloca-se a Santiago do Cacém para medir forças com o líder incontestável da competição.



RICARDO PARDAL, treinador do Banheirense: 

 “Ficámos tristes e frustrados com o resultado”

  “Foi um jogo em que quisemos ganhar desde o primeiro minuto. Fizemos tudo para isso mas falhámos na concretização e acabámos por ser penalizados. Talvez tenhamos acusado um pouco a pressão pelo facto de sermos uma equipa muito jovem. Tanto os jogadores como eu próprio ficámos tristes e frustrados com o resultado. Agora há que levantar a cabeça e trabalhar duramente como sempre o fizemos para prepararmos a difícil deslocação a casa do líder, onde tentaremos dar uma boa imagem como sempre temos feito até aqui e se possível trazer um bom resultado de Santiago. Gostava também de deixar uma palavra aos sócios e adeptos que têm acompanhado a equipa quer em casa quer fora. Tem sido muito importante para nós”.


 FICHA DO JOGO 

Jogo no Complexo Municipal do Vale da Amoreira
ÁRBITRO: João Domingos (Almada / Seixal)

BANHEIRENSE: Washington; Gonçalo, Colaço, Coelho (cap.), Euclides; Pires (Eliseu, 80’), Cordeiro, Celestino; Tarik (Miguel, 60’), Pais e Diogo (Neto, 70’).
TREINADOR: Ricardo Pardal

Ao intervalo: 0-0
Resultado final: 0-0.

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here