JUNIORES»» Benfica ascendeu ao primeiro lugar - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

domingo, 21 de abril de 2013

JUNIORES»» Benfica ascendeu ao primeiro lugar

Àguias vencem
com inteira justiça

O Benfica derrotou o Sporting por 2-0 em jogo a contar para a 10.ª jornada da fase de apuramento do campeão disputado no Caixa Futebol Campus, no Seixal, e ascendeu ao comando da tabela classificativa do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão, embora esteja em igualdade pontual com o seu velho rival mas com vantagem no confronto directo.

A vitória da equipa encarnada não merece qualquer tipo de contestação porque foi efectivamente superior, sobretudo na segunda parte, perante um adversário que nunca conseguiu impor o seu futebol. Sancidino Silva, aos 47 e Valdomiro Lameira, já em período de compensação (90+4’) foram os marcadores de serviço da equipa orientada por João Tralhão que poderia ter saído com uma vitória mais robusta, tal o número de oportunidades desperdiçadas.

A primeira parte foi muito calculista, jogada com pouca intensidade e com poucos motivos de interesse face às poucas situações de golo criadas para ambos os lados. Até aos vinte minutos o equilíbrio foi uma constante, havendo a registar apenas uma jogada em que Césio Baúque chega atrasado após solicitação de Sancidino Silva e uma outra em que Iuri Medeiros atira com algum perigo ao lado. A partir daí, o Benfica começa a ganhar ascendente e só não foi para o intervalo a ganhar porque Sancidino Silva não aproveitou aquela que foi a oportunidade mais flagrante dos primeiros 45 minutos.

A segunda parte começou praticamente com o golo de Sancidino Silva, obtido de ângulo difícil depois de uma boa jogada de entendimento entre João Cancelo e Bernardo Silva. O Sporting responde ao golo sofrido com duas substituições mas a verdade é que em ternos práticos nada resultou, apesar da maior criatividade trazida por Carlos Chaby porque os jovens leões não conseguiam perfurar a bem escalonada defesa das águias. O Benfica que havia ganho a batalha do meio-campo dominava mas foi o Sporting que esteve à beira de marcar, aos 64’, quando João Palhinha atirou à barra na sequência de um livre cobrado por Iuri Medeiros. Com a entrada de Daniel Podence o Sporting arriscou tudo e o Benfica aproveitou para dar a machadada final já nos descontos, com o golo de Valdomiro Lameira, depois de ter desperdiçado aos 85, 86 e 90+2’, mais três ocasiões soberanas para marcar, duas das quais por Hélder Costa em jogadas de contra-ataque. 

No Sporting, João Palhinha, Gelson Martins e Iuri Medeiros foram os jogadores que mais tentaram remar contra a maré e Hélder Costa, Sancidino Silva, Bernardo Silva e João Cancelo os que sobressaíram no Benfica.



TREINADORES:

João Tralhão (Benfica): “Vitória justa daquela que foi a melhor equipa em campo. Os jogadores estão de parabéns porque foram muito competentes perante um adversário que defende bem e se mostrou bastante competitivo.”

Abel Ferreira (Sporting): “É fácil explicar a derrota quando se perde assim. O Benfica foi superior e mereceu ganhar. Na formação há que saber ganhar e saber perder. Por isso, resta-nos continuar a trabalhar e lutar até ao fim”.



                            FICHA DO JOGO
2 BENFICA       
SPORTING   0    
Campo N.º 1 da Caixa Futebol Campus, no Seixal
Árbitro: José Gomes (Lisboa)
Auxiliares: Rogério Correia e Pedro Silva

EQUIPAS
Bruno Varela
Mickael Meira
João Cancelo
Wilson Manafá
(Daniel Podence, 81’)
Rudinilson Silva
Domingos Duarte
Fábio Cardoso
Rúben Semedo
Pedro Rebocho
Rúben Faria
João Teixeira
João Palhinha
Sancidino Silva
(Eliseu Cassamá, 90+3’)
Gelson Martins
 Raphael Guzzo

Luka Stojanovic
(Wallyson Mallmann, 51)
Clésio Baúque
(Valdomiro Lameira, 76’)
 Alexandre Guedes
Bernardo Silva
Farley Rosa
(Carlos Chaby, 51’)

Hélder Costa
Iuri Medeiros
TREINADORES
João Tralhão
Abel Ferreira
Ao intervalo: 0-0
Marcadores: 1-0, Sancidino Silva (47’); 2-0, Valdomiro Lameira (90+4’)
Disciplina: cartão amarelo para Bernardo Silva (88’) e Valdomiro Lameira (90+4’).


Post Bottom Ad

Responsive Ads Here