JOÃO CARDOSO»» Guarda-redes do Alfarim é reforço do Sacavenense - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

segunda-feira, 24 de agosto de 2020

JOÃO CARDOSO»» Guarda-redes do Alfarim é reforço do Sacavenense

 

Jogador não esconde o seu desejo…


“CHEGAR AO FUTEBOL PROFISSIONAL É O MEU GRANDE OBJECTIVO”

 

Na minha primeira época comecei a jogar à frente mas como havia falta de guarda-redes fui para a baliza, fiz uma boa exibição e nunca mais de lá saí, conta João Cardoso.

 

 


O guarda-redes João Cardoso, de 21 anos, que na época passada representou o Alfarim, foi apresentado como reforço do Sacavenense, que disputa o Campeonato de Portugal.

 

Esta mudança vem comprovar não só a boa época feita ao serviço do Alfarim como também a sua qualidade como jogador, que se tem destacado nos clubes por onde tem passado.

 

João Cardoso começou a praticar futebol nos Infantis do Charneca de Caparica, depois ingressou no Almada, passou pelos Iniciados do Sporting, fez três épocas no Belenenses e jogou nos Juniores do V. Setúbal e Cova da Piedade. Fez a sua primeira época de sénior no Charneca de Caparica, representou o Pinhalnovense e na última temporada defendeu a baliza do Alfarim de onde deu agora o salto para a equipa de Sacavém.

 

A propósito da mudança o nosso jornal falou com João Cardoso que deixou bem patente os seus anseios. 


 

Satisfeito com esta mudança para o Sacavenense?

Estou muito satisfeito. Era algo pelo qual já trabalhava há muito tempo, ir para uma equipa do Campeonato de Portugal. Sinto que a minha mudança para o Sacavenense foi um objectivo alcançado na minha ainda curta carreira.

 

Como estás a perspectivar a nova época em termos individuais?

Primeiro são sempre os objectivos colectivos. Quando estes vão sendo cumpridos ao longo da época os objectivos individuais vão-se realizando naturalmente. O foco passa sempre por ajudar a equipa o máximo possível.



Houve alguma razão especial para a escolha da posição de guarda-redes?

Essa é uma história curiosa. Quando comecei a jogar nos Infantis B do Charneca de Caparica, jogava à frente mas na altura só tínhamos um guarda-redes no plantel e precisámos de mais um. Naquela equipa tinha dois ou três colegas que andavam comigo na escola e disseram ao treinador que eu defendia bem. Lembro-me que ainda fiz a 1.ª jornada a jogar à frente e depois na 2.ª jornada fui à baliza, fiz uma boa exibição e nunca mais saí.

 

És um atleta ainda jovem, até onde esperas ir no futebol?

Trabalho todos os dias para ser melhor que no dia anterior. Sonho e trabalho para chegar ao futebol profissional, este é sem dúvida o meu grande objectivo, mas tudo a seu tempo. Sei das dificuldades que existem para chegar lá acima e por isso não descuro nos estudos. Encontro-me neste momento a finalizar a minha Licenciatura em Sociologia e já me candidatei a uma pós-graduação.

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here