2.ª DIVISÃO DISTRITAL»» VASCO DA GAMA 5 SANTO ANDRÉ 0

Nada correu bem à equipa de Santo André

VASCO DA GAMA NÃO DEU QUALQUER HIPÓTESE

O jogo era aguardado com alguma expectativa porque ainda não há muito tempo as duas equipas se haviam defrontado no mesmo local mas para outra competição [Taça AF Setúbal]. Naquela altura quem ganhou foi [com alguma surpresa] a equipa da Vila de Santo André mas desta vez tudo acabou por ser diferente porque o vencedor foi o Vasco da Gama de Sines que goleou por 5-0.

Ao intervalo o resultado era de apenas 1-0 mas na segunda parte a equipa de Sines não deu qualquer hipótese ao adversário que acabou por ser uma presa fácil ao consentir mais quatro golos sem resposta, dois dos quais marcados na própria baliza.

Com os três pontos conquistados o Vasco da Gama manteve o comando da tabela classificativa, em conjunto com os Pesadores da Costa de Caparica, com 9 pontos. O Estrela de Santo André que possui apenas quatro pontos desceu para o sexto lugar.

Na próxima jornada o Vasco da Gama viaja até Alcácer do Sal onde defronta a equipa local que se encontra com a moral em alta pela vitória conseguida na Moita e o Estrela de Santo André provavelmente quererá rectificar a imagem menos positiva deixada em Sines na recepção ao Paio Pires que vem de uma goleada imposta ao Lagameças.


A OPINIÃO DOS TREINADORES:

FERNANDO CANDEIAS, treinador do Vasco da Gama:

“Vitória clara, com bons momentos da nossa parte

"Esperávamos dificuldades e queríamos marcar cedo para obrigar o adversário a sair da sua zona defensiva. Conseguimos o golo aos vinte minutos mas até ao intervalo baixámos a intensidade de jogo. Não permitimos nenhuma acção ofensiva do Estrela com perigo mas poderíamos com outra velocidade obter um resultado que nos desse mais tranquilidade. Na segunda parte o jogo teve sentido único, com o avolumar do resultado a ser natural. Faltou-nos mais assertividade na tomada de decisão para construir uma exibição ainda mais positiva. De qualquer das formas, foi uma vitória clara, com bons momentos da nossa parte e mais um degrau conquistado na construção da equipa."


JOAQUIM SEZÕES, treinador do Estrela de Santo André:

“Foi um jogo em que tudo correu mal”

“Foi um jogo em que tudo correu mal. A vitória do Vasco da Gama é justa e não merece qualquer tipo de contestação mas os números finais foram demasiados expressivos atendendo a que sofremos um golo de penalti e dois autogolos. Não é normal estas coisas acontecerem apenas num jogo mas a verdade é que aconteceu e acabámos por perder. Mas, como disse, com um resultado muito expressivo. Há dias assim”.


FICHA DO JOGO

Jogo no Campo Municipal, em Sines
ÁRBITRO: Pedro Almeida (Núcleo de Almada / Seixal)

VASCO DA GAMA: José Manuel; Nuno Diogo, João Nunes, Valdir, Flávio Alexandre; Caixeirinho (Beto, 65’), Miguel (Chalana, 55’), Paulinho; Ricardo Ferreira, Ruben Soares (Edson Malik, 45’) e Kuky (Ricardo Oliveira, 70’).
TREINADOR: Fernando Candeias

SANTO ANDRÉ: Carlos Pereira; Buma (Hugo Matos, 75’), Ricardo, Alexandre, Miguel; Wilson, Gonçalo, Cito (Kifo, 60’); Louzeiro (Condesso, 60’), André Fernandes e Pernas.
TREINADOR: Joaquim Sezões

Ao intervalo: 1-0
Marcadores: 1-0, Caixeirinho (20’); 2-0, João Nunes (55’); 3-0, auto golo (66’); 4-0, Edson Malik (77’); 5-0, auto golo (82’).
Share on Google Plus