1.ª DIVISÃO DISTRITAL»» ALMADA 3 SESIMBRA 1

Sesimbra só cedeu nos últimos minutos da partida…

Almada obtém terceira vitória consecutiva e fica apenas a um ponto do primeiro lugar

Em jogo relativo à 5.ª jornada do campeonato distrital da 1.ª divisão, o Almada venceu o Sesimbra por 3-1, no Campo do Pragal, e com os pontos conquistados ascendeu ao sexto lugar da tabela classificativa em igualdade pontual com o Monte de Caparica e U. Santiago.

Com nove pontos, a equipa orientada por Filipe Celikkaya que obteve a sua terceira vitória consecutiva [Olímpico, Palmela e Sesimbra], ficou apenas a um ponto do trio que lidera a competição [Amora, Alchochetense e Grandolense].

Com a derrota sofrida [a segunda no campeonato], a equipa sesimbrense baixou para o 11.º lugar com os mesmos pontos do Alfarim e Comércio e Indústria, que se encontram respectivamente em 9.º e 10.º lugar.

Em relação ao jogo disputado no Complexo Desportivo do Pragal, a primeira equipa a marcar foi precisamente o Almada quando estavam decorridos 14 minutos por João do Carmo. Já muito perto do final do primeiro tempo o Sesimbra na conversão de uma grande penalidade marca por intermédio de Rui Santos e o intervalo chega com o logo empatado a uma bola.

A vitória da equipa almadense viria a ser conseguida já relativamente perto do fim com dois golos de Willians, o primeiro marcado aos 84 e o segundo aos 89 minutos.

Na próxima jornada o Almada desloca-se ao Estádio da Medideira para defrontar o Amora que nesta altura ocupa o primeiro lugar e o Sesimbra recebe no Estádio Vila Amália o Beira Mar de Almada que nesta jornada goleou o Palmelense por 6-2.



A OPINIÃO DOS TREINADORES

FILIPE CELIKKAYA, treinador do Almada:

“Foi uma boa vitória, contra uma boa equipa”

“Quem veio ao Pragal, não se arrependeu. Na primeira parte fomos claramente superiores, com mais oportunidades, mais bola, a ser dominadores e com o guarda-redes adversário a realizar cinco excelentes intervenções. Conseguimos marcar, mas já perto do intervalo o Sesimbra empata através de uma grande penalidade. Para ser sincero, não me parece que tenha sido, mas ainda não vi o vídeo. A primeira parte pertenceu ao Almada. Vamos para o intervalo com um resultado injusto para o que tínhamos feito. Na segunda parte não entrámos tão bem e o Sesimbra ficou por cima, com algum ascendente, mas com poucas oportunidades. Fizemos alterações e com isso estabilizámos. A partir das alterações o equilíbrio foi notório e conseguimos fazer o segundo golo e depois o terceiro já perto do final, com bons movimentos e com total mérito conquistando assim os três pontos. Temos de continuar a trabalhar”.



ALFREDO ALMEIDA, treinador do Sesimbra:

“O segundo golo foi uma machadada para os meus jogadores”

Sesimbra entrou mal no jogo, não se adaptou às péssimas condições do relvado e o Almada mereceu o 1-0. Após o golo, e já adaptados ao relvado, partimos para um futebol mais prático e chegámos a igualdade num penalti [sem contestação] convertido por Rui Santos. Com o jogo repartido, o empate aceitava-se ao intervalo. Na segunda parte o Sesimbra foi a equipa com mais bola e até aos 38 minutos conseguiu estar mais perto da baliza adversária, teve sempre o jogo controlado e muitas vezes dominado sem criar grandes ocasiões de perigo eminente mas sempre com ascendente no jogo perante um Almada que tentava apenas contrariar as nossas iniciativas atacantes. Mas, como no futebol os golos é que ficam para a história, sem que nada fizesse esperar o Almada coloca-se em vantagem com um golo obtido aos 83 minutos com alguma dose de felicidade. Foi uma machadada para os meus jogadores que não esperavam sofrer quando estávamos por cima no jogo. O 3-1, já no final, de bola parada, é demais para o que o Sesimbra fez em Almada mas o resultado é que conta e os três pontos ficaram em Almada que marcou três golos e o Sesimbra apenas um. Resta dar os parabéns à equipa de arbitragem que realizou bom trabalho num péssimo relvado que torna tudo mais difícil. Quanto ao Sesimbra continua na guerra, perdemos apenas uma batalha. Agora vamo-nos concentrar para vencer no domingo o Beira Mar de Almada”.


FICHA DO JOGO

Jogo no Campo do Pragal, em Almada
ÁRBITRO: André Duque (Núcleo de Almada / Seixal)

ALMADA: João Marreiros; Óscar, Litos, Ião, Mauro Pereira; Martin Reier, Jota, João do Carmo (Bruno Mareco, 83’); Mesquita (Luisinho, 70’), Willians e Fabinho (Pipo, 54’).
TREINADOR: Filipe Celikkaya

SESIMBRA: Gonçalo; Fabinho, João Mata, César, Sandro; Tiago Neto, Huguinho, Rui Santos; Sérgio Zeferino (Miguel Correia), Sousa (Pólvora) e Bernardo Mata (Jardel).
TREINADOR: Alfredo Almeida

Ao intervalo: 1-1
Marcadores: 1-0, João do Carmo (14’); 1-1, Rui Santos (41) gp; 2-1, Willians (84’); 3-1, Willians (89’).
Share on Google Plus