2.ª DIVISÃO DISTRITAL»» ADQC 0 PESCADORES 1

Quinta do Conde voltou a perder em casa

PESCADORES GANHARAM MAS FICARAM SEM TREINADOR

 A ADQC parece não se dar bem com os ares do Campo António Xavier de Lima porque voltou a perder em casa, tal como já havia acontecido no jogo da primeira jornada com o Paio Pires.

A equipa que vinha de duas vitórias consecutivas obtidas em terreno alheio [Alcácer do Sal e Moita] provavelmente não estava à espera deste desfecho mas na verdade não o conseguiu evitar, continuando assim com a malapata dos jogos em casa.

Conhecedores das intenções do adversário, os Pescadores quiseram jogar pelo seguro e parece não terem arriscado muito mas o certo é que se saíram bem porque acabaram por somar mais três pontos que lhe permitem continuar na primeira posição, em igualdade pontual com o Vasco da Gama de Sines.

O que não seria de prever era a saída do treinador Paulo Cardoso  que nos quatro jogos realizados havia obtido três vitórias e sofrido apenas uma derrota [precisamente em Sines]. Mas o futebol tem destas coisas…

O golo da vitória dos Pescadores foi obtido por Semedo aos 16 minutos de jogo na sequência de uma jogada de contra-ataque. Os comandados de Manuel Pinéu esforçaram-se bastante para evitar a derrota e dispuseram de várias oportunidades mas não conseguiram concretizar.

Na próxima jornada a ADQC desloca-se a Lagameças onde certamente não estará à espera de facilidades devido essencialmente ao pelado do Campo Adelino Cais Esteves e os Pescadores recebem a visita do Moitense que está ferido no seu orgulho face à derrota sofrida no último domingo em casa com o Alcacerense.


A OPINIÃO DOS TREINADORES


MANUEL PINÉU, treinador da ADQC:

“Pelo que fizemos merecíamos claramente a vitória”

“Começo por dizer que neste jogo a minha equipa foi tremendamente infeliz no capítulo da finalização: Pelo que fizemos nos 90 (+ 5’) minutos merecíamos claramente a vitória. Na primeira parte no único remate do adversário à nossa baliza sofremos o golo que ditou o desfecho do jogo mas antes disso fomos nós que por duas vezes estivemos mais perto de marcar através do Amândio. Mesmo depois do golo sofrido não nos desorganizámos e fomos sempre a melhor equipa em campo. Na segunda parte que foi praticamente jogada na sua totalidade no meio campo da equipa adversária tivemos pelo menos mais cinco oportunidades claras para golo mas o Júnior por duas vezes, o Vasco, o Afonso e o Amândio, não foram felizes. Com todo o respeito pela equipa dos Pescadores não me lembro de um remate à nossa baliza neste segundo período do jogo. Tenho que dar os parabéns à minha equipa pela atitude que colocou em campo. Não fomos felizes mas amanhã certamente teremos a felicidade que hoje nos faltou”.


PAULO CARDOSO, treinador dos Pescadores:

“Não fizemos um jogo bonito mas conquistámos os três pontos”

“Defrontávamos uma equipa que estava moralizada pelas duas vitórias consecutivas obtidas nos dois últimos jogos e por outro lado sabíamos que íamos encontrar um campo pequeno e difícil onde não seria fácil impor o nosso futebol. Em determinada atura tivemos que nos adaptar às características do jogo que consistia em bola cá, bola lá, sem quase passar pelo meio campo. Acabámos por ser felizes no golo que obtivemos numa jogada estudada de contra-ataque. Na segunda parte tivemos que fazer muitas alterações, a equipa baixou muito as linhas e mas o Quinta do Conde só criava algum perigo nas bolas paradas. Estivemos também cerca de meia hora a jogar com menos um jogador porque o Beni foi expulso por acumulação de amarelos e isso dificultou ainda a nossa intenção que passava por dilatar a marcador para que a equipa ficasse mais tranquila. De qualquer forma, há que valorizar a entrega dos jogadores. Não fizemos um jogo bonito e não demos um bom espectáculo é certo mas conseguimos o nosso objectivo que passava pela conquista dos três pontos”.



FICHA DO JOGO

Jogo no Campo António Xavier de Lima, na Quinta do Conde
ÁRBITRO: Acácio Guedes (Núcleo de Setúbal)

ADQC: Rui Jubita; Rodri, Giló, João Monteiro, Bruno fernandes; Vasco Botelho, David (Júnior, 45’), Afonso Caeiro; Diogo Bernardo (Márcio, 45’), Barbosa (Alberto Soeiro, 70’) e Amândio Ramião.
TREINADOR: Manuel Pinéu

PESCADORES: Hernâni; Spencer, Roger (Beni, 45’), Palma, João Martins; Pelé, Bala Semedo (Igor, 77’), Rafa (Lima, 45’ e Bruno, 79’), Forby (Daniel, 90’) e Júlio.
TREINADOR: Paulo Cardoso

Ao intervalo: 0-1
Marcadores: 0-1, Semedo (16’)
Disciplina: Beni foi expulso aos 60 minutos por acumulação de amarelos
Share on Google Plus