2.ª DIVISÃO DISTRITAL»» PAIO PIRES 0 VASCO DA GAMA 2 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

24 de novembro de 2014

2.ª DIVISÃO DISTRITAL»» PAIO PIRES 0 VASCO DA GAMA 2

Paiopirenses desperdiçaram um penalti quase no fim…

Vitória em Paio Pires isola equipa de Sines no primeiro lugar



O Vasco da Gama de Sines tinha uma tarefa complicada no Campo Vale d’Abelha, em Paio Pires, mas acabou por sair-se bem porque venceu por 2-0 num jogo que ficou marcado pela lesão de Iuri que teve que ser conduzido pelo INEM [que demorou quase uma hora a chegar] para o Hospital de Almada com suspeita de traumatismo craniano, diagnóstico que depois não se veio a confirmar. Após os exames feitos e segundo informação recolhida no momento tudo apontava para que o jogador tivesse fracturado a cana do nariz.

Os pontos obtidos pela equipa de Sines, conjugados com o empate dos Pescadores em casa no jogo que realizou com o Alcacerense, deixaram o Vasco da Gama agora sozinho no primeiro lugar da tabela classificativa.

O Paio Pires com o desaire sofrido baixou para o quarto lugar por troca com o Quinta do Conde que, fruto da vitória alcançada no jogo disputado com o Estrela de Santo André, ascendeu à terceira posição.

Os golos foram marcados um em cada parte: o primeiro aos 32 minutos por Kuki e o segundo por Paulinho aos 60 minutos. De referir também que o Paio Pires desperdiçou por Djá [o melhor marcador do campeonato] nos instantes finais da partida a conversão de uma grande penalidade que poderia ter reduzido um pouco a desvantagem.

Na próxima jornada o Paio Pires desloca-se a Alcácer do Sal para defrontar o Alcacerense e o Vasco da Gama recebe em Sines a equipa da Quinta do Conde.



A OPINIÃO DOS TREINADORES

CARLOS NEVES, treinador do Paio Pires:

“Foi um dia em que correu tudo mal”

“Foi um dia em que correu tudo mal, desde a lesão do Iuri [que teve que ser conduzido ao hospital de Almada] ao penalti desperdiçado quase no fim. Pelo meio, tivemos bons momentos, mais posse, construímos e criámos algumas oportunidades mas falhámos demasiado na finalização como aconteceu já nos descontos ao não concretizarmos um castigo máximo. Falando mais propriamente sobre o jogo poderei dizer que estávamos a dominar quando sofremos o primeiro golo devido a alguma inexperiência dos nossos jogadores e fomos para o intervalo a perder por 1-0. Na segunda parte fomos mais fortes, mais pressionantes e tivemos um maior caudal ofensivo mas uma perca de bola originou o segundo golo do Vasco da Gama. Os jogadores não baixaram os braços, continuaram a lutar e a acreditar mas se tivéssemos ficado mais tempo a jogar não conseguíamos fazer golo de maneira nenhuma. Como disse, foi um dia mau mas não tenho nada a apontar aos jogadores porque deram tudo o que tinham. Hoje não era o nosso dia”.




FERNANDO CANDEIAS, treinador do Vasco da Gama:

“O resultado é incontestável e a vitória assenta-nos muito bem”

“Foi um jogo bastante competitivo disputado contra um adversário bastante difícil mas nós mantivemos sempre a determinação e a ambição de querer segurar o primeiro lugar e acabámos por conquistar os três pontos. Fizemos um excelente jogo no primeiro período que foi bastante divido mas onde conseguimos criar duas situações; uma que resultou em golo e outra não. Na segunda parte voltámos a entrar com grande convicção e conseguimos aumentar o resultado para 2-0. Depois, foi tentar segurar o resultado até ao fim do jogo. O Paio Pires falhou um penalti sobre o apito final mas o resultado é incontestável e a vitória assenta-nos muito bem”.



FICHA DO JOGO

Jogo no Campo Vale d’Abelha, em Paio Pires
ÁRBITRO: Micael Rechena, Núcleo de Almada / Seixal)

PAIO PIRES: Damas; Neves, Fernando, Caldeira, Iuri (Tiago Rosa, 15’); Nazário, Filipe Pinto, João Vasco (Flávio Costa, 70’); Adilson, (Vítor Silva, 80’; Djá e Nivaldo.
TREINADOR: Carlos Neves

VASCO DA GAMA: Flávio Costa; Nuno Diogo, Beto, Valdir, Flávio Alexandre; Miguel, Caixeirinho Paulinho; Ricardo Ferreira (Pedro Alves, 65’), Kuky (Ruben Soares, 88’) e Edson Malik (Denis, 75’).
TREINADOR: Fernando Candeias

Ao intervalo: 0-1
Marcadores: 0-1, Kuki (32´); 0-2, Paulinho (60)

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here