JUVENIS»» BENFICA 0 SPORTING 0 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

16 de novembro de 2014

JUVENIS»» BENFICA 0 SPORTING 0

Nulo penaliza as duas equipas que nesta altura estão fora dos lugares de apuramento

Foi um jogo de alta tensão onde apenas faltaram os golos

Benfica e Sporting empataram a zero na partida que realizaram no Caixa Futebol Campus relativa à 11.ª jornada do campeonato nacional de juvenis e ficaram mais longe dos lugares que dão o apuramento para a segunda fase porque Real e Sacavenense, os dois primeiros classificados da Série D, venceram os seus compromissos.

A igualdade registada terá sido um desfecho ajustado mas o empate com golos talvez tivesse espelhado melhor o que se passou no dérbi que teve um pouco de tudo: bom futebol, várias oportunidades para ambos os lados, muita entrega das equipas, bastante emoção e incerteza quando ao resultado final. Foi um jogo táctico onde os treinadores - devido talvez à posição ingrata em que as equipas se encontram na tabela classificativa - não arriscaram muito, mas ainda assim decorreu sempre de forma bastante interessante.

O jogo começou com as equipas a praticarem um futebol muito rápido mas com supremacia dos leões que começaram por criar perigo logo aos cinco minutos por Gil Santos que viu o seu remate ser desviado por um jogador encarnado na hora H e depois pelo guardião Daniel Azevedo. Os pupilos de Renato Paiva sentiam alguma dificuldade na sua fase de construção mas com o decorrer do tempo começaram a soltar-se mais e criaram também alguns lances complicados para a defensiva leonina sendo de salientar um, ocorrido aos 19 minutos, em que terão ficado a reclamar uma grande penalidade por mão na bola de um sportinguista na área após remate de Bruno Lourenço. Nesta altura o controlo do jogo pertencia ao Benfica mas numa transição rápida os leões voltaram a ameaçar na cobrança de um pontapé de canto e depois num remate desferido da direita por Hélder Almeida que saiu muito próximo do alvo.

Na segunda parte o jogo continuou a ser muito disputado e bastante repartido com ambas as equipas empenhadas na procura do golo que acabou por não surgir, embora tivessem havido oportunidades para isso sendo a mais flagrante desperdiçada por André Serra que aos 52’ não conseguiu concretizar com a baliza completamente escancarada. Até ao final a partida continuou a ser disputada de forma bastante renhida mas o resultado não sofreu alteração.




TREINADORES:

Renato Paiva (Benfica): “Foi um jogo emotivo em que qualquer das equipas podia ter ganho porque tiveram oportunidades para isso. Em minha opinião, o resultado é perfeitamente justo e o nulo é indicador do equilíbrio entre duas equipas que jogaram um pouco a pensar na classificação”.


Telmo Costa (Sporting): “Tivemos muitas oportunidades, algumas mesmo sem o guarda-redes na baliza, mas não conseguimos marcar. Queríamos ganhar e fizemos tudo o que estava ao nosso alcance mas faltou-nos o golo. O campeonato está um pouco esquisito mas no final desta fase estou convencido que serão estas as duas equipas apuradas”.

                   
                    FICHA DO JOGO

0 BENFICA       
                     SPORTING 0   
Campo N.º 1 da Caixa Futebol Campus, no Seixal
Árbitro: André Gralha (Santarém)
Auxiliares: Patrício Pereira e Carlos Covão
EQUIPAS
Daniel Azevedo
Tomás Foles
Pedro Pereira
João Moutinho
Nuno Gonçalves
André Serra
Rodrigo Borges
Gonçalo Vieira
Ricardo Araújo
Abdu Conté
Jorge Pereira

Pedro Ferreira
(Diogo Fernandes, 71’)
Gedson Fernandes
Hélder Almeida
João Tavares
Bruno Paz
José Gomes
Luís Esteves
(Rafael Duarte, 50’)
Bruno Lourenço
(Ricardo Mangas, 60’)
João Mendes
Mohamed Djamanca, 61’)
Tiago Dias
(João Filipe, 74’)
Gil Santos
TREINADORES
Renato Paiva
Telmo Costa
Ao intervalo: 0-0
Disciplina: cartão amarelo a Hélder Almeida (53’), Ricardo Araújo (69’), Nuno Gonçalves (74’), Mohamed Djamanca (75’), Rodrigo Borges (76’), Jorge Pereira (79’), Bruno Paz (80+1’).










Post Bottom Ad

Responsive Ads Here