SEIXAL CLUBE 1925»» Assina protocolo para a cedência de instalações - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

domingo, 14 de março de 2021

SEIXAL CLUBE 1925»» Assina protocolo para a cedência de instalações

 


Em vigor até ao final da época…



RACING POWER FOOTBALL CLUB VAI UTILIZAR O ESTÁDIO DO BRAVO PARA TREINOS E JOGOS


 

As medidas do Campo Pepita, na Trafaria, não permitiam a realização do jogo da Taça de Portugal nem a 2.ª fase do Nacional da 3.ª Divisão.

 


 


O  Seixal Clube 1925 e a Racing Power Football Club assinaram um protocolo que na prática responde a uma necessidade da RPFC em encontrar instalações que respondessem aos requisitos da Federação Portuguesa de Futebol, e ao nível da exigência e ambição para enfrentar a 3.ª Divisão Nacional de Futebol Feminino.



Neste sentido, a Racing Power irá utilizar as instalações do Estádio do Bravo para  treinos e jogos oficiais, procurando alavancar uma subida à 2.ª Divisão Nacional. O protocolo estará em vigor até final da presente época desportiva, podendo ser renovado automaticamente com a vontade de ambas as partes.


 


Solidariedade entre clubes

"Dentro da nossa linha de conduta no desporto, de jogar no campo da solidariedade entre clubes, foi com o parecer positivo que recebemos a solicitação da RPower Football Club para fazer os restantes jogos do nacional feminino no Estádio Municipal do Bravo. É com enorme prazer que o Seixal apoia este diferenciado projecto, sobretudo porque dois dos principais responsáveis foram atletas da formação do nosso clube. É importante salientar que neste processo de transição, também esteve envolvido o presidente do Trafaria, clube onde a RPower FC realizava os seus jogos e onde efectua alguns treinos. Fazemos votos que o Bravo seja palco para o sucesso das atletas do RPower Football Club", referiu a propósito Hugo Rodrigues, presidente do Seixal Clube 1925.


 


Andar nos lugares de topo

Após a assinatura do protocolo, Nuno Painço, presidente do Racing Power Football Club, fez questão de agradecer ao clube anfitrião o facto de ter aberto as suas portas para o lançamento deste projecto de futebol feminino, ao clube de Futebol da Trafaria e ao seu presidente por terem acolhido e continuarem a acolher a RPower no seu espaço.


“Quando a RPower Energy Drink e seus investidores decidiram apostar no futebol feminino, um dos seus objectivos foi andar sempre nos lugares de topo, com resultados no seu imediato. Com a pandemia que se instalou, o Centro de Estágio de Alto Rendimento ainda não arrancou, mas estamos muito perto de lançar a primeira pedra. Tendo decidido a marca e seus investidores apostar e criar a sua própria equipa, com o mesmo orçamento que a Rpower investiu no projecto anterior, começamos a encetar conversas com clubes amigos para que a parceria que viéssemos a fazer fosse ao encontro de ambas as partes. Aconteceu na Trafaria e agora no Seixal”.


 



Protocolo beneficiará ambas as partes

“Estando a RPower Football Club na 3.ª eliminatória da Taça de Portugal, e em primeiro lugar na sua série no campeonato da 3.ª Divisão Nacional, podendo classificar-se para a fase de subida de divisão, as medidas do campo Pepita não nos permite, nem fazer a próxima eliminatória da Taça, nem a segunda fase do campeonato nacional da terceira divisão. Assim sendo, começamos a trabalhar na procura de soluções. Tivemos alguns convites interessantes, no entanto um dos pré-requisitos para trabalharmos com algum clube, seria não terem futebol feminino para não cometermos os mesmos erros do passado. Mas, sendo eu um seixaleiro de alma e coração que vestiu a camisola listada azul e grená durante 14 anos e sendo o meu clube de sempre, a possibilidade apareceu e cá estamos nós, com a vontade de juntarmos sinergias positivas em prol do futebol de formação, masculino e feminino, cada um respeitando a essência de cada clube. Acreditamos muito que este protocolo beneficiará ambas as partes, trazendo a Racing Power Football Club o perfume do futebol feminino para o Estádio do Bravo, podendo várias meninas ingressar na formação do Seixal 1925, e quem sabe um dia entrar na profissionalização pela porta da RPower”, esclareceu.



 

Condições fantásticas

Por fim, Nuno Painço realçou o trabalho desenvolvido nos últimos tempos pelos seixalenses. “As dificuldades que o Seixal Futebol Clube atravessou batendo no fundo do poço, só com grande determinação, força de vontade de querer bem-fazer, amor ao Seixal e suas gentes, permitiu o renascimento das cinzas com a criação do Seixal Clube 1925. Enquanto filho da terra e agora presidente da Racing Power Football Club, gostaria de deixar um forte abraço às direcções que contribuíram para este regresso em grande força, com uma formação fantástica, com uma equipa sénior a devolver ao Estádio do Bravo a emoção e as cores que durante muitos anos vivi, enquanto atleta e adepto. Só temos que agradecer ao presidente Hugo Rodrigues e à sua Direcção, muitos deles companheiros de balneário durante anos, por nos terem aberto  as suas portas, com umas condições fantásticas para a prática do futebol”.

 

loading...

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here