DESPORTIVO FABRIL»» João Miguel Parreira e o jogo com o Sernache - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

quarta-feira, 14 de outubro de 2020

DESPORTIVO FABRIL»» João Miguel Parreira e o jogo com o Sernache

 

Defrontámos uma equipa agressiva, por vezes em demasia…


“O PONTO-CHAVE PARA A VITÓRIA FOI NÃO ENTRARMOS NO JOGO DO ADVERSÁRIO”

 

Na próxima eliminatória já entram os clubes da I Liga mas o treinador não se mostra preocupado com isso.

 

 


O Desportivo Fabril é uma das equipas da região que obteve o passaporte para a terceira eliminatória da Taça de Portugal, que a partir de agora vai contar já com a participação dos clubes da I Liga.

 

O adversário era difícil mas a equipa comandada por João Miguel Parreira exibiu-se em bom plano e acabou por sair vitoriosa, mercê dos golos marcados por Adjeil Neves e Ivan Reis.

 

A propósito do brilharete, o nosso jornal falou com o treinador da equipa do Barreiro.

 

Que comentário tem a fazer sobre a vitória obtida e consequente passagem à próxima eliminatória?

Foi um jogo muito competitivo. A equipa do Sernache tem um conjunto de jogadores bastante interessantes e uma equipa muito agressiva (por vezes em demasia). Felizmente conseguimos manter-nos focados emocionalmente, num jogo muito competente e equilibrado da nossa parte. Vitória justa mas bem difícil.


 

Gostou certamente da atitude e empenho dos seus jogadores… Emocionalmente os jogadores foram formidáveis, conseguiram manter a calma perante um adversário que recorria frequentemente a agressões e estratégias para descontrolar os nossos jogadores. Não foi fácil aguentar a pressão mas estivemos à altura e isso deixou-me orgulhoso, sim. Este foi o ponto-chave para conseguirmos a vitória, não entrámos no jogo adversário, mantivemos as emoções controladas e focados no nosso jogo.

 

Continua a dizer que não tem preferência por qualquer adversário, mesmo sabendo que a partir de agora já participam as equipas da I Liga?

Não tenho preferência. Vamos para competir com quem nos sair em sorte.


 

No próximo domingo está de volta o campeonato com uma deslocação aos Açores para defrontar o Praiense. Como prevê que venha a ser este jogo?

Nesta série a equipa que facilitar vai ter imensas dificuldades. Vamos ter que entrar confiantes e com vontade de ter bola, focados em apresentar bom futebol e fazer golos. Esta é a nossa filosofia e jamais mudará, independentemente do adversário. Sabemos que o Praiense é uma equipa forte e candidata aos lugares cimeiros mas vamos aos Açores para competir pelo resultado. Estes jogadores não estão contentes com o que estão a fazer, querem mais, muito mais.

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here