TAÇA DE PORTUGAL»» Ovarense 1 Oriental Dragon 2 (ap) - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

sábado, 10 de outubro de 2020

TAÇA DE PORTUGAL»» Ovarense 1 Oriental Dragon 2 (ap)

 

Vitória foi obtida no prolongamento…

 

JOGOU COM MAIS UM JOGADOR DESDE OS 23 MINUTOS E VIU O SEU GUARDA-REDES DEFENDER UM PENALTI


 


O Oriental Dragon segue em frente na Taça de Portugal, após vitória alcançada em Ovar, diante da Ovarense, obtida no decorrer do prolongamento, depois da igualdade a uma bola registada no final do tempo regulamentar .

 

O triunfo da equipa orientada por Luís Manuel foi bastante complicado, pode dizer-se, por culpa própria, porque não conseguiu tirar partido do facto de ter jogado em superioridade numérica desde os 23 minutos, altura em que a equipa da casa ficou reduzida a 10 unidades por expulsão de Roger, com vermelho directo, quando já ganhava por 1-0.

 

Martim Águas inaugurou o marcador aos 15 minutos dando a melhor sequência a um cruzamento efectuado do lado esquerdo por João Pinto. Pouco depois Roger (Ovarense) é expulso e o Oriental Dragon fica claramente por cima, apesar da boa réplica dada pelo adversário.


 

Na segunda parte a Ovarense entrou com dois novos jogadores e, mesmo jogando em inferioridade numérica, tornou-se uma equipa mais agressiva em termos ofensivos beneficiando de uma grande penalidade (62’) que não foi convertida por Lima por mérito do guarda-redes João Manuel, que defendeu.

 

O Oriental Dragon não se estava a exibir ao nível do que tinha feito na primeira metade do encontro e consentiu a igualdade num pontapé de canto cobrado por Tigas que colocou na zona do segundo poste onde apareceu Joãozinho a cabecear para o fundo da baliza, aos 82 minutos, levando o jogo para prolongamento.

 

Neste período complementar o Oriental Dragon surgiu com mais fulgor ofensivo mas a Ovarense respondia também com alguns lances de perigo até que Bruno Grou, que havia saltado do banco, marcou o golo que seria o da vitória mesmo ao soar do apito para o final da primeira parte do prolongamento.

 

No final fica a ideia do dever cumprido mas também a noção que não havia necessidade de sofrer tanto perante um adversário de escalão inferior, que deu muito boa conta de si.   

 

  

   

 

FICHA DO JOGO

 

Jogo no Estádio Marques da Silva, em Ovar

ÁRBITRO: Luís Máximo (Castelo Branco)

 


OVARENSE
: Renato Lopes; Gustavo, Fábio Pereira (Rodrigo Ferreira, 8’), Roger, Márcio Reis; Bruno Costa (Marmelo, 45’), JP (Bruninho, 45’), Joãozinho; Fábio Novo (Ricardo Ferreira, 72’), Rolas (Tigas, 65’) e Lima (Barroqueiro, 90+2’).

Treinador: Tiago Leite

 

ORIENTAL DRAGON: João Manuel; Adilson, Sandro Costa, Diogo Branco, João Pinto; Marlon, Gonçalo Silva  (Ni Plange, 73’), João Guilherme; Martim Águas (Tiago Caeiro, 90' e Brash, 104'), David Calderón (Erick Mendes, 65’) e Nico (Bruno Grou, 88')

Treinador: Luís Manuel

 

Ao intervalo: 0-1

 

Marcadores: 0-1, Martim Águas (15’); 1-1, Joãozinho (82’); 1-2, Bruno Grou (105’);  

 

Disciplina: cartão amarelo para Marlon (35’), Gonçalo Silva (50'), Márcio Reis (52'), Sandro Costa (54'), Adilson (62’), Lima (72’). Vermelho directo para Roger (23’)

 

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here