CAMPEONATO DE PORTUGAL»» Antevisão da 3.ª jornada

Olímpico do Montijo é o único clube da região a jogar fora…

AMORA, PINHALNOVENSE E FABRIL JOGAM TODOS EM CASA 

O Campeonato de Portugal prossegue no próximo domingo com a realização da 3.ª jornada que vai levar o Olímpico do Montijo até Évora para defrontar o “histórico” Lusitano. As outras equipas da região que participam na competição jogam todas em casa, o Amora recebe o Alverca no Estádio da Medideira, o Pinhalnovense joga no Santos Jorge com o Sintrense e o Desportivo Fabril será anfitrião do Louletano.

No campo do Sport Lisboa e Évora, local onde se realiza o encontro, Lusitano e Olímpico vão defrontar-se pela primeira vez no seu historial, pois nunca antes se haviam encontrado: As duas equipas estão separadas apenas por um ponto na tabela classificativa, com vantagem para os alentejanos que empataram os dois jogos que realizaram enquanto os montijenses perderam na jornada de abertura e registaram também um empate no último domingo, em casa. André Pereira (Lisboa) é o árbitro que dirige a partida.


Amora não defronta Alverca há 25 anos

No Estádio da Medideira, o Amora defronta o Alverca 25 anos depois, estavam ambos na extinta II Divisão B e o saldo é positivo para os azuis da Medideira que ganharam três vezes, perderam duas e empataram também duas, nos sete jogos realizados, sendo um deles para a Taça de Portugal. As duas equipas têm tido altos e baixos ao longo dos tempos e nesta altura a expectativa é grande em relação ao futuro de cada uma delas, daí a importância deste jogo que surge numa altura em que o Amora tem apenas um ponto e uma derrota em casa e o Alverca possui quatro pontos provenientes de um empate (fora) e uma vitória (em casa). O encontro será dirigido pelo árbitro Pedro Ramalho (Évora).


Regresso ao Pinhal Novo como adversários

O Pinhalnovense, que no passado domingo causou sensação no Algarve, recebe o Sintrense, adversário que tem a particularidade de ter no seu plantel vários jogadores que na época passada estavam no Pinhal Novo, Miguel Ângelo, Martim Águas e Feiteira. Este será com certeza mais um aliciante para o encontro que se prevê bastante disputado porque ambas as equipas seguem igualadas na tabela classificativa, com quatro pontos conquistados nas duas jornadas já realizadas. O árbitro é Carlos Cabral (Algarve). 


Fabril nunca ganhou ao Louletano

Tarefa complicada irá ter por certo o Desportivo Fabril que joga no Estádio Alfredo da Silva com o Louletano que se apresenta muito forte neste início de temporada, com duas vitórias nos dois jogos efectuados, resultados que o colocam na liderança da competição, juntamente com o Olhanense. É claro que a equipa do Barreiro - que acaba de se reforçar com mais um jogador experiente, Celestino, médio de 32 anos (que fez mais de 80 jogos na I Liga Portuguesa e foi internacional sub-20 e sub-21 por Portugal), proveniente do Farul Constanta, da Roménia, também tem os seus argumentos e é bem capaz de bater o pé ao seu adversário mas para isso precisa de os seus jogadores tenham a pontaria afinada para destroçar uma defesa que ainda não sofreu golos. Nas duas vezes que o Fabril defrontou o Louletano, no Barreiro, perdeu: pode ser que à terceira seja de vez … A partida será dirigida por José Almeida (Lisboa)

Share on Google Plus