INICIADOS»» Benfica 7 Estoril 0

Extremo benfiquista Alfa Baldé, deu nas vistas…

ÁGUIA MOSTRA QUALIDADE NO ARRANQUE DA NOVA ÉPOCA

O Benfica, que se apresentou com uma equipa completamente renovada em relação à época anterior, arrancou no Campeonato Nacional de Iniciados com uma goleada (7-0) sobre o Estoril, num jogo em que há a realçar alguns pormenores.

Um deles é o facto dos jogos desta categoria passarem a ter 40 minutos de duração, em vez dos habituais 35 e depois o excelente espectáculo proporcionado pelas águias com lances bem gizados de futebol e com alguns jogadores a darem nas vistas.

Alfa Baldé, muito tecnicista, com grande poder de drible e velocidade, foi a maior figura entre os benfiquistas e um verdadeiro quebra-cabeças para a equipa da linha que teve no seu guardião, Daniel Santos, o seu melhor jogador.

Na primeira parte o Benfica foi completamente dominador e o jogo foi quase sempre desenrolado no meio campo defendido pela equipa canarinha que sofreu o primeiro golo aos 12 minutos, por Vasco Teixeira. Quase de seguida João Costa (15’) fez o segundo e o marcador foi evoluindo sem surpresa até aos 5-0, resultado que se registava ao intervalo, com golos de Francisco Machado (32’), Alfa Baldé (39’) e Vasco Teixeira (40’).

Na 2.ª parte, com as substituições, o Benfica perdeu vitalidade e o Estoril melhorou a sua produção de jogo, resultando daí a obtenção de apenas mais dois golos por João Rego (72’ gp) e João Pereira, no último lance do encontro. 

 

TREINADORES:

Tiago Pina (Benfica): “A primeira parte foi muito boa e a fase final da segunda também mas faltou-nos um pouco de clarividência na zona de finalização. Estamos contentes com aquilo que fizemos mas há ainda muito a melhorar”.

Marco Nascimento (Estoril): “Entrámos algo nervosos porque era a nossa estreia no campeonato nacional. Na 2.ª parte rectificámos algumas coisas e melhorámos mas mais importante que o resultado é o processo e este jogo ajudou-nos bastante em relação ao futuro”.

 

FICHA DO JOGO

Jogo no campo nº. 7, Caixa Futebol Campus
ÁRBITRO: João Martins (Lisboa), auxiliado por Ricardo Carreira e Cláudio Franco

BENFICA: Francisco Pereira (Fernando Schmelz , 40’); João Conceição (João Pereira, 40’), Henrique Sá, Tiago Sampaio, Francisco Machado; Hugo Pereira (Afonso Martins, 51’), Ussumane Djaló (Martim Nascimento, 40’), João Veloso; Alfa Baldé, Vaso Teixeira e João Costa (João Rego, 40’).
Treinador: Tiago Pina

ESTORIL: Daniel Santos; Miguel Gonçalves, Gonçalo Silva, Lourenço Monteiro, Martim Guerreiro (João Araújo, 40’); Daniel Palma, Tomás Afonso (Rúben Rosário, 59’),Gustavo Rua (Pelayo Leal, 40’); Diogo Herdeiro (Gustavo Cascalheira, 27’), Tiago Silva (Samuel Mate, 68’) e Manuel Rebelo.
Treinador: Marco Nascimento

Ao intervalo: 5-0

Marcadores: 1-0, Vasco Teixeira (12’); 2-0, João Costa (15’); 3-0, Francisco Machado (32’); 4-0, Alfa Baldé (39’); 5-0, Vasco Teixeira (40’); 6-0, João Rego (72’) gp; 7-0, João Pereira (80+3’).

Disciplina: Nada a registar.


Share on Google Plus