VITÓRIA FUTEBOL CLUBE»» Pedida demissão dos órgãos sociais e convocação de eleições - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

VITÓRIA FUTEBOL CLUBE»» Pedida demissão dos órgãos sociais e convocação de eleições

 

Em carta aberta ao presidente da Mesa da Assembleia Geral…


PARA QUE ALGUÉM COM “KNOW-HOW” E DISPONIBILIDADE POSSA AINDA IR A TEMPO DE SALVAR O CLUBE 

 

Numa carta aberta escrita por Luís Baião, associado com 52 anos de filiação, dirigida ao presidente da Assembleia Geral, é pedida a demissão do cargo, destituição dos restantes órgãos sociais e convocação de eleições para que, alguém com “know-how” e disponibilidade possa ainda ir a tempo de salvar o clube.

 



Caro Presidente da Assembleia Geral do Vitória Futebol Clube, Cândido Casimiro,


Com a legitimidade que os meus 52 anos de sócio me dão, escrevo esta carta aberta para lhe exprimir os meus sentimentos em relação a tudo o que se tem passado no clube, nestes últimos sete meses em que o senhor, por via da eleição legitimada pelos sócios, devia ter sido a nossa voz e quanto a mim e  muitos outros associados, falhou redondamente no cargo para que foi eleito.


Se não, vejamos:

- Logo na tomada de posse desta direcção, optou por um discurso nada condizente com o cargo, mais apelando à revanche e ao ódio contra anteriores direcções, algumas até, como é do conhecimento geral o senhor apoiou;



- Manteve-se mudo e quedo, durante vários meses, sabendo dos problemas que o clube atravessava e tudo escondendo aos sócios em continuada concertação com os actos que a direcção ia tomando sem nunca lhes apontar o dedo, pelo menos que seja do nosso conhecimento, até ao triste desenlace final que todos conhecemos e que o senhor teima em branquear, mais parecendo o presidente da direcção do que o representante dos sócios;


- Seguiram-se entretanto vários comunicados em que “mete os pés pelas mãos”, contradizendo-se a cada linha, acusando tudo e todos, menos a quem devia e chegando ao cúmulo de exigir prazos ao TAD para a deliberação sobre o recurso;



- Na sua tentativa de branquear os actos “suicidas” que estes órgãos sociais (de que o senhor faz parte) vão cometendo, continua a criar a ilusão aos sócios, de que tudo corre na normalidade e que o Vitória vai voltar a ocupar o seu lugar na principal liga do futebol português, quando todos sabemos que isso é impossível de acontecer, face à incompetência demonstrada pelos actuais corpos sociais e principalmente do seu presidente da direcção.



- Para terminar, repudio o modo deselegante e arruaceiro como num dos tais comunicados, que chego a pôr em causa se foi o senhor que os redigiu, tratou um sócio candidato a um cargo numa lista nas últimas eleições, muito triste!


Face ao exposto, em meu nome e sei que com a concordância de muitos associados, solicito que efective a sua imediata demissão do cargo para que foi eleito, assim como providencie a destituição imediata dos restantes órgãos sociais e convoque eleições, para que, alguém com “know-how” e disponibilidade possa ainda ir a tempo de salvar o clube desta melindrosa situação em que se encontra, fazendo jus ao seu nome e a 110 anos de história que ninguém deseja ver apagados.

Viva o Vitória!


Post Bottom Ad

Responsive Ads Here