TAÇA DE PORTUGAL»» Pinhalnovense 2 Atlético 0 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

domingo, 27 de setembro de 2020

TAÇA DE PORTUGAL»» Pinhalnovense 2 Atlético 0

 

Com golos de Diogo Tavares e Miguel Pires…


PINHALNOVENSE SEGUE EM FRENTE NA COMPETIÇÃO

 


Pinhalnovense e Desportivo Fabril, as duas únicas equipas da região que estiveram em competição na 1.ª eliminatória da Taça de Portugal, venceram os seus adversários por 2-0, e seguem em frente na prova rainha do futebol nacional que passa a partir de agora a contar também com a participação das equipas da II Liga.

 

Pinhalnovense e Desportivo Fabril juntam-se assim a Barreirense, Oriental Dragon (que não jogaram devido à desistência do Madalena e Fayal, por causa do Covid-19), Sesimbra, Amora, Olímpico do Montijo e Vitória Futebol Clube (que ficaram isentos) na passagem à segunda eliminatória da competição que vai contar com todos os clubes da Associação de Futebol de Setúbal que entraram no sorteio.

 

No Campo Santos Jorge, no Pinhal Novo, defrontaram-se dois históricos do nosso futebol, o Atlético que chegou a andar na 1.ª Divisão Nacional e o Pinhalnovense que tem vindo a marcar boas presenças na Taça de Portugal, onde já defrontou o FC Porto, o Sporting e o Vitória de Setúbal, entre outros.


 

Diogo Tavares e Miguel Pires foram os autores dos golos que deram a vitória à equipa de Pinhal Novo que já pode contar com a presença do seu novo treinador, Ricardo Estrelado, no banco. Apesar dos dois golos de vantagem, a vitória não foi nada fácil de conseguir porque os alcantarenses deram muito boa conta de si durante todo o encontro. A eficácia acabou por fazer a diferença neste jogo.

 

O Atlético começou melhor e até teve mais bola mas o Pinhalnovense acabou por se impor abrindo o activo aos 23 minutos num lance concluído com êxito por Diogo Tavares, após cruzamento de Leandro Morais, na sequência de um ataque rápido. A equipa alcantarense tentou reagir mas 10 minutos depois Miguel Pires fez o 2-0, resultado que e manteve inalterado até ao intervalo.

 

Na segunda parte, o Atlético entrou com vontade de alterar o resultado e esteve muitas vezes por cima no jogo, atirou uma bola ao ferro, viu um golo ser anulado por fora-de-jogo e obrigou o guardião do Pinhalnovense, Francisco Pardana, a algumas boas intervenções, mas não conseguiu marcar, saindo assim da competição de cabeça erguida porque embora seja de um escalão inferior deu bastante réplica e nunca baixou os braços.

 

Para a equipa de Pinhal Novo pode dizer-se que foi melhor o resultado que a exibição, facto ao qual não será alheio o pouco tempo de trabalho que ainda tem, mas o mais importante foi mesmo a vitória, que foi a segunda consecutiva, embora em competições diferentes.

 

 


FICHA DO JOGO


Jogo no Campo Santos Jorge, em Pinhal Novo

ÁRBITRO: Rui Soares (Santarém)

 


PINHALNOVENSE: Pardana; Luís Lucas, Bruno Jesus, Obi, Marco Gomes; Celestino, Miguel Pires, Flávio (65’); Forbs (Tiago Correia, 65’), Leandro Morais (Alain Pilar, 90+1’) e Diogo Tavares (Henrique Gomes (90+1’)

Treinador: Ricardo Estrelado


 

ATLÉTICO: Dário Brilha; Ricardo Atanásio, Bruno Sales (Pedro Augusto, 66’), Ivo Dias, Ivo Palma; Mário Mateus (Evandro, 66’), André Faísca, Diogo Caramelo (Tomás Martins, 45’); Rodrigo Pinto. Pedro Rosário e Cláudio Carvalho.

Treinador: João Pedro

 

Ao intervalo: 2-0

 

Marcadores: 1-0, Diogo Tavares (23’); 2-0, Miguel Pires (33’)

 

Disciplina: cartão amarelo para Obi (30’), Miguel Pires (57’)

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here