ALMADA VENCE EM SINES E ISOLA-SE NO COMANDO - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

domingo, 18 de novembro de 2012

ALMADA VENCE EM SINES E ISOLA-SE NO COMANDO

VASCO DA GAMA 0 ALMADA 2

Excelente resultado mesmo a jogar
com dez jogadores desde 18 minutos

O Almada confirmou em Sines o excelente momento de forma que atravessa ao derrotar sem qualquer tipo de contestação o Vasco da Gama por duas bolas a zero, num jogo em que jogou cerca de 75 minutos com apenas 10 jogadores, por (justa) expulsão de Bruno Pais que, aos 18 minutos, travou em falta um adversário isolado.

 A equipa almadense entrou bem, a jogar de pé para pé, e aos 9 minutos colocou-se em vantagem por intermédio de Ricardo Dinis. Com o jogo perfeitamente controlado os almadenses podiam ter aumentado a vantagem pouco depois mas Fábio Nunes não aproveitou, acontecendo logo a seguir a expulsão de Bruno Pais. O Vasco da Gama tentou tirar proveito disso mas a boa organização defensiva dos almadenses não permitiu tal desiderato e o intervalo chegou com o resultado em 0-1.

 Na segunda parte, com duas linhas de quatro homens à frente da área e a jogar em contra-ataque o Almada permitiu algum domínio do adversário mas este nunca chegou a incomodar demasiado o guarda-redes Pedro Cardoso. Jogando com grande personalidade e espírito de sacrifício, os almadenses lá iam levando a água ao seu moinho. Ricardo Dinis, na cobrança de um livre à entrada da área, atirou à barra e aos 80 minutos, a passe de Cirilo, Fábio Nunes arrumou a questão, marcando o segundo golo da sua equipa.

A arbitragem de José Palma esteve em plano bastante aceitável.

Com os três pontos conquistados o Almada isolou-se no comando da tabela classificativa tirando o melhor partido do empate dos Pescadores em Paio Pires.

 FICHA DO JOGO 

Jogo no Estádio Municipal, em Sines
ÁRBITRO: José Palma (Setúbal)

ALMADA: Pedro Cardoso; Bruno Pais, Miguel Serafim, Bruno Mareco, Paulo Costa; Marçal (Daniel Pires, 78’), Nuno Cirilo (cap.), Ricardo Dinis; Fábio Nunes, Luís Costa (Marcos Paulo, 68’) e Paulo Gomes (Ruben Calado, 27’).
TREINADOR: Élio Santos

Ao intervalo: 0-1
Marcadores: 0-1, Ricardo Dinis (9’); Fábio Nunes (80’)
Disciplina: cartão amarelo para Marçal (33’), Ricardo Dinis (43’), Nuno Cirilo (60’), Marcos Paulo (75’) e Paulo Costa (90+2’). Cartão vermelho directo para Bruno Pais (18’).

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here