2.ª DIVISÃO DISTRITAL – ARRENTELA 5 LAGAMEÇAS 1 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

segunda-feira, 18 de março de 2013

2.ª DIVISÃO DISTRITAL – ARRENTELA 5 LAGAMEÇAS 1

Tozé, com hat-trick, abriu e fechou a contagem 

 Arrentela tornou acessível o que nunca foi fácil 

Tozé, marcou três golos
  Em jogo realizado no Campo da Boa Hora, a contar para a 2.ª jornada da fase de apuramento do campeão, o Arrentela redimiu-se do desaire sofrido na jornada anterior e goleou o Lagameças, por 5-1, continuando assim no encalce do U. Santiago que, nesta jornada, também goleou o Faralhão, por 4-0.

Para o Arrentela, o jogo com o Lagameças revelava-se extremamente importante para ver até que ponto os jogadores haviam recuperado os níveis de confiança depois da pesada derrota sofrida com o Banheirense. Perante uma equipa que deu boa réplica e nunca desistiu do jogo, o Arrentela foi tornando acessível aquilo que nunca foi fácil.

Na primeira parte, com uma boa entrada no jogo, os comandados de José Carlos Santos adiantaram-se cedo no marcador numa grande penalidade convertida por Tozé, que viria a fazer um hat-trik, e aos 31 minutos ganhava já por 2-0, ficando ainda por concretizar mais três ou quatro boas oportunidades.

Na segunda parte, o Arrentela voltou a entrar bem e aos 53 minutos aumentou a vantagem para 3-0, com um golão de Tozé, sentenciando de imediato a partida. O Lagameças ainda reduziu de penalty para 3-1, mas o Arrentela respondeu com mais dois golos, um de Nascimento e outro de Tozé, que abriu e fechou a contagem.


JOSÉ CARLOS SANTOS, treinador do Arrentela:

“A equipa voltou a ser ambiciosa e ganhadora” 

No final do encontro, o treinador do Arrentela não escondia a sua satisfação pelos três pontos conquistados: “A equipa percebeu que o que tinha acontecido no jogo anterior não podia repetir-se e acabou por demonstrar porque razão foi a vencedora da primeira fase, voltando a ser ambiciosa e ganhadora. Todos têm a noção de que ainda falta muito campeonato e que há muitas dificuldades para ultrapassar por isso vamos estabelecer um percurso, jogo a jogo, para podermos atingir o objectivo principal da época que passa por conquistar um lugar que nos permita subir de divisão. Sei que podemos contar com os jogadores e que todos eles merecem o apoio da Direcção. Eles próprios esperam ver reconhecido o esforço e a dedicação que até aqui têm demonstrado. A arbitragem foi de qualidade especialmente no capítulo técnico mas com um rigor exagerado na amostragem de cartões e consequentes expulsões.”

 FICHA DO JOGO 

Jogo no Campo da Boa Hora, na Arrentela
ÁRBITRO: João Rego Marques (Almada / Seixal)

ARRENTELA: Fábio; Antunes, Pipoca, Antunes, Migas e Jorge (cap.); Serrinha, Elias (Abreu, 65’), Tozé, Vilar (João Sousa, 80’); Nascimento e Miguel Cruz (Jorge Santos II, 72’).
TREINADOR: José Carlos Santos

Ao intervalo: 2-0
Marcadores: 1-0, Tozé (7’ gp); 2-0, Serrinha (31’); 3-0, Tozé (53’); 3-1, aos 68’ gp; 4-1, Nascimento (79’); 5-1, Tozé (86’).

Disciplina: o jogo terminou com nove jogadores de cada lado sendo as quatro expulsões por acumulação de amarelos. No Arrentela foram expulsos Serrinha (68’) e Antunes (85’).

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here