1.ª DIVISÃO DISTRITAL»» ARRENTELA 2 BEIRA MAR 4 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

19 de abril de 2015

1.ª DIVISÃO DISTRITAL»» ARRENTELA 2 BEIRA MAR 4

Jogador ainda júnior tinha jogado na véspera 90 minutos contra o Belenenses…

RICARDO SANTOS COM UM HAT-TRICK FOI O HOMEM DO JOGO

O Beira Mar de Almada obteve na Arrentela um resultado extremamente importante que lhe valeu a conquista dos três pontos e a subida de mais alguns degraus na tabela classificativa.

Com efeito, com a vitória alcançada os almadenses ultrapassaram nesta jornada o Sesimbra [que perdeu em casa com o Barreirense] e encontram-se agora em 11.º lugar com mais dois pontos que o Sesimbra, mais três que Charneca de Caparica e Olímpico do Montijo, mais doze que o Palmelense e mais dezassete que o Arrentela que está irremediavelmente condenado à descida de divisão.

O jogo começou da melhor maneira para o Arrentela que se adiantou no marcador ainda no decorrer do segundo minuto, por intermédio de Mauro. A equipa almadense reagiu e por volta dos 15 minutos chegou ao empate com um golo de Ricardo Santos, jogador ainda júnior que na véspera havia jogado os 90 minutos contra o Belenenses para o Campeonato Nacional da 1.ª Divisão.

Na segunda parte, a equipa arrentelense descontrolou-se por completo e acabou por sofrer mais três golos num curto espaço de tempo que colocaram o marcador em 1-4. Jere desfez a igualdade aos 51 minutos e Ricardo Santos [que fez um hat-trick] marcou os outros dois, um aos 56 e outro aos 60 minutos.

Perante uma vantagem tão acentuada o Beira Mar abrandou um pouco mais o ritmo de jogo e o Arrentela acabou por reduzir o marcador para 2-4 com um golo de Tiago Amaral, aos 70 minutos,

Na próxima jornada o Beira Mar de Almada recebe o Grandolense e o Arrentela desloca-se a Santiago do Cacém.  



A OPINIÃO DOS TREINADORES

ANDRÉ BRANCO, treinador do Arrentela:

“Primeiros minutos da segunda parte foram fatais”

“Continuamos com muitas dificuldades. Por muito que nos esforcemos não conseguimos superar os nossos adversários. Neste jogo até começámos bem com o golo que marcámos logo no início mas depois acabámos por sofrer também um golo e fomos para o intervalo empatados. Depois a história do jogo resume-se aos primeiros minutos da segunda parte em que sofremos três golos logo de seguida, por falta de concentração defensiva da nossa equipa que acabou por deitar por terra tudo o que de bom tínhamos feito na primeira parte. Mais uma vez dou os parabéns aos jogadores que me acompanham neste final de campeonato”.



JOÃO LUÍS, treinador do Beira Mar de Almada:

“Este terá sido talvez o nosso melhor jogo da época”

“Sabíamos que não iria ser fácil como acontece com todas as equipas que jogam na Arrentela. Preparámo-nos bem e estávamos confiantes que iriamos conseguir um bom resultado. Entrámos no jogo a perder porque sofremos um golo logo no primeiro minuto mas isso se calhar até foi bom porque nos fez acordar para a realidade do jogo em termos de qualidade porque este terá sido talvez o nosso melhor jogo da época. Tivemos muitas oportunidades, algumas mesmo com jogadores isolados mas a verdade é que ao intervalo o resultado estava em 1-1. Na segunda parte entrámos com o mesmo ritmo e marcámos três golos num curto espaço de tempo, ficando a ganhar por 4-1, Depois baixámos um pouco a intensidade porque estávamos a ganhar fora e o objectivo não passava por marcar 50 golos mas sim conquistar os três pontos. Foi um jogo muito bem conseguido da nossa parte porque os jogadores tiveram uma atitude correcta e foram competentes”.



FICHA DO JOGO

Jogo no Complexo Desportivo da Boa Hora, em Arrentela
ÁRBITRO: Ricardo Figueiredo (Setúbal)

ARRENTELA: Ricardo Freitas; Bruno Almeida (Tiago Amaral, 45’), Pedro Martins, Elvis, Pedro; Nhapa, Nuno Ferreira, Joel (Amarildo, 70’); Didi, Mauro (Edmilson, 62’) e Luís Almeida.
TREINADOR: André Branco

BEIRA MAR DE ALMADA: Ricardo Esteves; Jonas, Louro, Conceição, Penha; Paulo Pereira (Edu, 80’), Vando, David; Leandro, Ricardo Santos (Ricardo, 70’) e Jere (Dino, 60’).
TREINADOR: João Luís

Ao intervalo: 1-1

Marcadores: 1-0, Mauro (2’); 1-1, Ricardo Santos (15’); 1-2, Jere (51’); 1-3, Ricardo Santos (56’); 1-4, Ricardo Santos (60’); 2-4, Tiago Amaral (70’).

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here