2.ª DIVISÃO DISTRITAL»» Moitense 2 Santo André 0 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

20 de abril de 2015

2.ª DIVISÃO DISTRITAL»» Moitense 2 Santo André 0

Marcou os dois golos da sua equipa…

ISMAEL FOI O MARCADOR DE SERVIÇO NA MOITA

O Moitense derrotou o Estrela de Santo André por duas bolas a zero com dois golos marcados no decorrer da segunda parte e continua perfeitamente integrado no lote das equipas que ainda têm hipóteses de lutar pela subida de divisão.

O objectivo não passa por aí porque há plantéis mais fortes mas que existe essa possibilidade é um facto. Quer isto dizer que apesar de alguns problemas que têm surgindo no decorrer da época a equipa orientada por Nuno Paulino tem vindo a realizar um campeonato bastante positivo.

Em relação ao jogo a exibição não foi das melhores devido essencialmente a algumas ausências forçadas mas acabou por ganhar perante um adversário que se bateu muito bem e que na opinião do seu treinador não merecia a derrota. Aliás, Joaquim Sezões vai ainda mais longe ao afirmar que a sua equipa fez muito provavelmente o seu melhor jogo da época e que o Resultado foi uma tremenda injustiça.

Ismael que jogou apenas os segundos 45 minutos foi o marcador de serviço da equipa da Moita marcando o primeiro golo aos 70 minutos e o segundo já em período de compensação.

Na próxima jornada o Moitense desloca-se a Lagameças  e o Estrela de Santo André recebe a ADQC.


A OPINIÃO DOS TREINADORES

NUNO PAULINO, treinador do Moitense:

“A vitória foi justa mas a qualidade do futebol praticado poderia ter sido melhor”

“Foi um jogo equilibrado. Já fizemos muito melhor que hoje mas isso deveu-se a muitas dificuldades e ausências na equipa. De qualquer forma as melhores oportunidades foram nossas. O St.º André entrou bem no jogo e atirou uma bola ao poste nos primeiros minutos. Depois demos a volta ao jogo e poderíamos ter chegado à vantagem ainda na primeira parte, mas não conseguimos. Na segunda parte entrámos melhor, controlámos o jogo e o nosso guarda-redes apenas por uma vez teve que fazer uma boa defesa. O Santo André quando se apanhou em desvantagem arriscou, teve mais posse e dominou em termos territoriais mas as melhores oportunidades continuaram a ser nossas e numa delas acabámos por fazer o 2-0. A vitória é justa mas em termos de futebol jogado poderia ter sido bastante melhor”.


JOAQUIM SEZÕES, treinador do Estrela de Santo André:

“O resultado foi uma tremenda injustiça porque não espelha a verdade do jogo”

Foi um dos melhores jogos que fizemos. O resultado foi uma tremenda injustiça porque não espelha nada a verdade do jogo. Fomos ineficazes na finalização é certo, mas também é verdade que a sorte não quis nada connosco nos momentos cruciais. O adversário marcou e acabámos por perder por 2-0. Mas, repito, esta não é a verdade do jogo porque foi dos melhores que fizemos e merecíamos inteiramente a vitória. Ao intervalo havia 0-0, depois sofremos um golo fortuito e o 2-0 surgiu já na parte final numa altura em que já pouco havia para fazer. Mas foi um jogo em que jogámos muito bem apesar de ter sido realizado no num campo pelado. Este resultado é uma grande injustiça mas o futebol é mesmo assim.

     
FICHA DO JOGO

Jogo no Campo “Juncal Desportos”, na Moita
ÁRBITRO: Miguel Broega (Pinhal Novo)

MOITENSE: Gerson; Davidé, Gonzaga, Espada, Lobo; Cláudio, Diogo Ribeiro, Vinícious (Félix, 55’); Márcio (Ismael, 45’) Pedro Nuno (Tarik, 65’) e Ricardo
TREINADOR: Nuno Paulino

SANTO ANDRÉ: Carlos Pereira, Buma (Alexandre, 45’); Diogo, Ricardo (Pratas, 45’), Vítor; Cito (Elson, 78’); Malaquias, André Fernandes, Pernas e Kifo (Larguinho, 72’ Ruben Castro, 65’).
TREINADOR: Joaquim Sezões

Ao intervalo: 0-0
Marcadores: 1-0, Ismael (70’); 2-0, Ismael (90+3’) ?







Post Bottom Ad

Responsive Ads Here