2.ª DIVISÃO DISTRITAL»» SANTO ANDRÉ 0 ADQC 1 - JORNAL DE DESPORTO

Última hora...

25 de abril de 2015

2.ª DIVISÃO DISTRITAL»» SANTO ANDRÉ 0 ADQC 1

Equipa da Qt.ª Conde terminou o jogo com nove jogadores…

ADQC vence com golo solitário marcado por Canina já na segunda parte

Em jogo antecipado da 9.ª jornada da segunda fase do Campeonato Distrital da 2.ª Divisão realizado no Complexo Desportivo de Vila Nova de Santo André (Santiago do Cacém), a ADQC derrotou a equipa local por uma bola a zero.

Com os pontos conquistados a equipa da Quinta do Conde garantiu a sua continuidade no segundo lugar da tabela classificativa, independentemente daquilo que vier a acontecer nos restantes jogos da jornada, nomeadamente no Vasco da Gama – Paio Pires que poderá deixar a equipa numa situação mais confortável em caso de vitória da equipa de Sines.   

A vitória foi conseguida com um golo obtido por Canina, aos 72 minutos, na sequência de uma boa jogada colectiva, numa altura em que a ADQC jogava com 10 unidades por expulsão de Bruno por acumulação de cartões amarelos quando estavam decorridos 56 minutos. Convém, entretanto, dizer que a equipa orientada por Manuel Pinéu terminou o jogo com apenas nove jogadores porque aos 88 minutos sofreu uma nova expulsão [de Canina] também por acumulação de cartões amarelos.

O Estrela de Santo André bateu-se bem e deu bastante réplica mas não conseguiu os seus intentos porque falhou sobretudo no aspecto da concretização. A equipa do litoral alentejano continua assim no sétimo lugar da tabela classificativa com apenas uma vitória e um empate nos nove jogos até agora realizados nesta segunda fase.

Na próxima jornada o Estrela de Santo André desloca-se a Alcácer do Sal para defrontar o Atlético Alcacerense e a ADQC recebe o Moitense, na Quinta do Conde.


A OPINIÃO DOS TREINADORES

JOAQUIM SEZÕES, treinador do Estrela de Santo André:

“Podíamos ter ganho por um resultado expressivo”

“A nossa equipa está em crescendo de forma. Isso foi notório no jogo de hoje e este foi um resultado extremamente injusto para aquilo que os jogadores fizeram. O grande problema esteve na finalização porque não conseguimos concretizar as oportunidades que criámos. Foi isso que nos impediu de ganhar o jogo por um resultado expressivo porque de facto em termos de jogo jogado fomos nitidamente superiores em relação à equipa adversária. Temos que aceitar o resultado. Ganhou a equipa que marcou. Ficámos com a sensação que estamos a jogar bem. Mas, como já disse, o grande problema está na finalização. Não temos sido nada inferiores às equipas adversárias [antes pelo contrário] mas temos perdido, o futebol é mesmo assim”.  


MANUEL PINÉU, treinador da ADQC:

“Justificámos a vitória pela segunda parte que fizemos”

“Este era um jogo que antevíamos muito difícil apesar da diferença pontual existente entre as duas equipas. Na primeira parte houve uma entrada forte da nossa parte mas não fomos esclarecidos no último passe e a nossa entrega ao jogo deixou algo a desejar. Mesmo assim, podíamos ter aberto o marcador se o Júnior não tivesse desperdiçado uma boa oportunidade, só com o guarda-redes do Santo André pela frente. Na segunda parte, ficámos mais uma vez a jogar com menos um jogador desde os 56 minutos e a partir daí até ao fim penso que qualquer equipa podia ter marcado. Fomos nós que conseguimos e acabámos por ganhar com um golo marcado pelo Canina, num lance bem construído pelo colectivo. Depois tivemos uma segunda expulsão [Canina, aos 88 minutos] por acumulação de amarelos e terminámos o jogo com apenas nove jogadores. Pela segunda parte que fizemos justificámos a vitória porque mesmo com menos um jogador em campo fomos sempre organizados. Parabéns a este grupo que muito tem feito para ser feliz”.


FICHA DO JOGO

Jogo no Complexo Desportivo do Estrela, em Santo André
ÁRBITRO: Daniel Carvalho (Barreiro)

SANTO ANDRÉ: Carlos Pereira, Vítor (Cito, 70’), Diogo, Ricardo, Buma (Malaquias, 45’); Palhas (Gonçalo, 45’), Kifo, André Fernandes; Larguinho (Pernas, 45’), Elson (Hugo Almeida, 80’) e Pratas.
TREINADOR: Joaquim Sezões

ADQC: Rui Jubita; Rodri, Giló, Cláudio, Bruno; Vasco Botelho, Márcio, Júnior (Artur, 45’); Canina, Barbosa (Afonso Caeiro, 72’) e Maurício (Samuel, 57’).
TREINADOR: Manuel Pinéu

Ao intervalo: 0-0
Marcador: 0-1, Canina (72’).
Disciplina: cartão vermelho por acumulação para Bruno (56’) e Canina (88’)

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here